Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

O fim da TV NACIONAL?

Quando era criança e até ser adolescente, nunca senti falta de ter tv por cabo, e já havia mas era considerado um bem desnecessário, atenção que tive net desde os meus 14 anos, para quem nasceu em 85 até nem está mal. 

Mas lembro-me de ser bem crescida e de ver o New Wave que era 20 x melhor que os morangos com Açúcar e de ver a RTP2 que dava séries juvenis e infantis e depois um programas de comédia bem giros até as 22 horas que era a hora em que começava o belo do telejornal. Lembro me das sessões de cinema de Domingo e Sábado a noite e de Segunda de manhã falarmos dos filmes que vimos na TV pública da SIC ou TVI. 

 

Foi preciso chegar as férias e passado uns bons anos de não ter de ver SIC e afins a não ser para ver o telejornal, que dei por mim a pensar mas que m*** é esta que passam na TV.

Ora a M tem 22 meses, e adora ver bonecos enquanto não chega a hora do jantar, claro que vai brincando pelo meio mas adora apontar e dizer o cão, ou outra coisa qualquer e chamar para nós vermos também. Então a primeira coisa que constato de manhã enquanto a M bebe o leite vê geralmente o disney ou baby tv... no Algarve não havia tv por cabo por isso vou a procura de bonecada de manhã e qual o meu espanto quando só a RTP2 tinha, epa eu quando era jovem adorava ver os desenhos antes de ir para a escola.

Ok menos mal vamos lá ver o que é isto, bem que bonecada mais parva, desde arrotos, maus modos, nada de lógica ou moral, basicamente bonecada estúpida a fazer coisas estúpidas e parvas e a falar de um modo completamente desadequado, para que idade é que eles estão a mostrar aquilo... alguns bonecos pensamos ok para malta com 8 a 12 anos... mas logo a seguir acaba esse e vem bonecada demasiado infantil para o anterior grupo mas os bonecos continuam a ser completamente parvos e sem lição nenhuma, nada como estamos habituados... dou vários exemplos o panda tem o Bing, um boneco que vai descobrindo e fazendo asneiras e uma imagem de um pai que o vai ensinado várias coisas, desde ir a casa de banho a tempo, descuidos acontecem, a partilhar, que todos temos algo em que somos bons a fazer... enfim ensina n coisas, tal como o RUCA, tal como a Dra. Brinquedos eu sei lá, de todos os que eu mencionei ensinam sempre algo aos miúdos subtilmente... na televisão nacional nada zero... e depois ao final do dia a RTP2 volta a repetir a bonecada de manhã... os outros canais é Julias Pinheiro e afins com vozes esganiçadas a falar de coisas muito úteis ou talvez não... eu entendo a grande maioria das pessoas é idosa e precisa de companhia, mas bolas 3 televisões a darem basicamente o mesmo. 

Depois o pior chegamos ao fim do dia pomos a M a dormir e queremos relaxar a ver TV... ora novelas nos 3 canais, e na RTP2 documentários, alguns bons outros muito fracos. Ao fim de semana boa vamos ver um filme finalmente, mas qual filme qual carapuça 3 canais a darem música pimba e festas em Portugal (mas há assim tanta festa em Portugal, que dê para 3 televisões nacionais transmitirem diferentes festas, e durante dois dias) e a chularem os velhos com o ligue e ganhe um carro e dinheiro. 

Nada, mas mesmo nada para ver e eu ainda me lembro quando a TVI abriu tinha como alvo os jovens e transmitir filmes e séries que era uma lacuna que havia no mercado. A TVI surgiu para ser uma alternativa, mas agora passado uns bons 15 anos noto que a TV nacional está toda igual, desinteressante de uma ponta a outra, sem trazer nada de útil a sociedade. 

Depois admiram-se que todas as casas tenham televisão privada, que todos os jovens saquem filmes e séries ilegais... porque se vamos para a casa dos nossos avós só podemos é definhar a olhar para uma televisão que de entretenimento não traz nada. 

Ok, já sei o que vão dizer ah e tal juntem se todos e façam actividades fora do ecrã, e eu respondo não denoto que a televisão seja um perigo para as famílias, se apenas tiverem 1 tv em casa como eu, são obrigados a ver televisão em família e a conversar sobre o que viram... se sentarem-se ao pé dos miúdos a ver um episódio da série televisiva deles e lhes perguntarem coisas vão ver que eles param de ver tv e conseguem vós explicar tudo o que aconteceu... e até podem tirar uma lição dali e dizer que é igual a um teste de português quando pedem para interpretar uma história ou um texto.. .podem fazer o mesmo tipo de perguntas e depois também vão ver que tem tempo em família e algo em comum com os filhos para conversar. 

 

Por isso pergunto, será isto o fim da TV Nacional ou existe assim tantas pessoas a gostar de novelas e de música pimba?

Achas que sabes dançar!!!

Antes de ser mãe o So You Think You Can Dance era um dos meus programas preferidos. Gostava imenso das coreografias, das técnicas dos bailarinos e dos jurados que sim criticavam dinâmica do par, coreografia e técnica. 

Ontem vi a versão portuguesa, a segunda edição, durante uns míseros 20 minutos e o que reparei foi, primeiro a primeira edição era boa, quase igual a versão original esta edição ficou muito aquém. A começar pelo júri... o que esta lá a fazer uma actriz?! O Joaquim Cortez está lá muito bem, a Rita Blanco fiquei parva e o outro nunca ouvi falar mas supostamente é da área da dança. Então vejo a suposta Rumba e o Joaquim Cortez diz eu não gostei, desculpem mas isto foi tudo menos Rumba, foi dançar mas não superaram o desafio que era dançarem Rumba. O outro jurado disse a vossa dinâmica, a vossa química foi perfeita e fica por aqui e o Joaquim Cortez volta-se e diz mas e a Rumba onde estava e o outro jurado nem abre a boca. Começa a vez da Rita Blanco falar e responde ao Joaquim e diz não estamos aqui para criticar coreografia mas sim o par e o par tem uma dinâmica excelente e o público vibra com isto. 

Eu fiquei parva o único a ter razão era o Joaquim Cortez, está certo não são eles a fazer a coreografia até ai concordo, mas se calhar foram eles bailarinos que não souberam dançar a Rumba e o coreografo em uma semana não conseguiu quebrar vícios que eles tem. 

Na edição original vi os bailarinos serem criticado imensas vezes que a técnica estava má, estava viciada, que não chegaram lá que eram muito bons em hip pop e afins mas nas danças clássicas falhavam sempre (porque como é óbvio a técnica das danças de salão e clássicas não se aprende de um dia para o outro). E eu adorava porque na semana seguinte via-se evolução no bailarino que levou a critica em consideração e na semana seguinte tentou melhorar e esforçar-se mais ainda para aprender a técnica da dança e não só um conjunto de passos.

Depois o par seguinte com a Liliana, fez um hip pop assim assim nada de uauuuh como se vê na versão original e mais uma vez só falam nos pares, que balabla são bonitos e fofinhos e que a Lili estava doente e só se preocupava com o par não poder treinar por culpa dela e que era muito boa pessoa e blabla bla e eu então e criticar a dança... os jurados não estão lá para julgar se são bonitos, se tem química, se são boas pessoas, estão lá para criticar e avaliar bailarinos... 

Fiquei muito desiludida...