Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Little Women

Little Women (Mulherzinhas) é um livro de inspiração autobiográfica de Louisa May Alcott publicado em 1868. Conta a história de quatro irmãs crescendo entre 1861 e 1865, durante a Guerra Civil Americana.

E não podia deixar de estar mais actual do que nunca, um casal com 4 filhas, que antes vivia no luxo e após falência do pai, as filhas e a mãe são obrigadas a trabalhar.

Os primeiros capítulos do livro trouxeram-me muitos ensinamentos, tais como carregar os nossos pequenos fardos com alegria pois somos abençoados por ter trabalho apesar de não gostarmos dele.

Existe sempre alguém pior que nós e devemos de ajudar o próximo e da valor ao que temos.

São tantos mas tantos os ensinamentos, tem até uma personagem a Jo tão típica de mim que por vezes tenho a língua no coração e digo as coisas sem pensar 3 vezes nelas... O ensinamento é mesmo fácil, sempre que quisermos dizer algo que nos vamos arrepender, ou sentirmos a ficar mais furiosas do que devíamos ou saímos da sala ou da situação, ou simplesmente cerramos os lábios como quem os morde.

Acreditem dá menos dissabores tal como a pequena Jo vai aprendendo com sua mãe que também era assim...

Enfim não esperava gostar do livro mas gostei e recomendo que leiam, porque não é daqueles romances lamechas, tem uma crítica a sociedade através da vivência das raparigas, e até dá boas dicas de casamento, que não são desactualizadas mas sim reais. Tais como não viver para os filhos, e desprezar o marido pensando que a ocupação de uma mãe é estar de roda dos filhos, mas sim chamar os pais para ajudarem a cuidar e a deitar os filhos também... Sim leram bem isto em 1865....que o segredo para um casamento duradouro era ambos respeitarem as diferentes tarefas em casa, que nenhum trabalho é menos válido que do outro apenas diferente, mas que ambos devem de gerir a casa em conjunto e principalmente os filhos que devem de ser criados e educados pelos pais e não só pela mãe.  

 

Recomendo mesmo 

 

images (3).jpg