Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Já li o novo livro de Harry Potter

Já há muito tempo que não lia um livro tão rápido, 4 dias e sou mãe, dona de casa, trabalho e tenho um marido. Se não tivesse a M teria lido em um dia. 

Soube a pouco, um cheirinho do mundo dos outros livros, em que me esquecia de comer, de ir a casa de banho. 

São poucos os livros que me conseguem levar assim para uma outra realidade e onde sempre senti mais isso a acontecer foi na saga do Harry Potter, passei a minha adolescência com ele, cresci com ele. 

Nota-se que o livro teve mais mãos do que apenas a J.K. Rolling, o Ron está demasiado palhaço, demasiado inútil num papel de homem gozão que gosta de farras e festas e que é a sombra da sua mulher Hermione. Não gostei, o Ron apesar de aparentar ser medroso, e um pouco brincalhão sempre teve a sua bravura e o seu papel essencial na saga... em grande parte pela sua lealdade e amizade, mas aqui está reduzido a uma personagem cómica, daquelas que em teatro todos se riam assim que ele entra. 

Soube a pouco, como é uma peça de teatro a acção desenrola-se depressa muito depressa, fica a faltar ali qualquer coisa de mágico que os outros livros tem, mas no fundo no fundo, transporta-nos para a mesma realidade, que os outros, mas fica a faltar qualquer coisa. Mas no fundo deixou saudades, quando cheguei a última cena fiquei ali parada sem acreditar que não havia mais... a pensar e agora?! 

Um livro que eu lia em qualquer altura e andava comigo para todo o lado em casa, para ler sempre que podia. 

Agora resta-me esperar pelo filme "Fantastic Beasts and where to find them", em Novembro, onde J.K. Rolling se irá estrear na realização do roteiro (acho que é assim que se escreve) do mesmo... só pelo que vi dos teasears promete ser bom, mas muito bom. 

 

 

No dia do Livro...

Conto como comecei a ler, foi no meu 12º aniversário a minha irmã mais velha oferece-me dois livros, um era a pedra filosofal (Harry Potter) e outro não me recordo o nome mas a história ficou na memória. 

Na altura o Harry Potter ainda não tinha sucesso em Portugal, era a primeira edição do livro e a minha irmã diz-me : "Supostamente está a ter muito sucesso na Inglaterra" e eu lembro-me de pensar bolas recebi dois livros com títulos a parecer livros de filosofia. 

Não peguei no livro de Harry Potter mas sim no segundo livro e li-o e ficou-me no coração, contava a história de uma menina de 3 ou 4 anos, que passava muito tempo na rua, pois sua mãe não lhe ligava muito... e um homem negro que sofria de traumas (não sei quais) e a menina a explorar o mundo e a fazer perguntas a ele, faz com que o homem renasça e que se construa uma bela amizade entre aqueles dois... uma amizade inocente e pura... entre o amor de um homem que não é pai da criança e de uma criança que não sabe o que é o amor de pais. Acaba em tragédia infelizmente a menina tem um acidente e morre... mas esta história ficou-me no coração... o livro algures guardado em casa da minha mãe. 

Depois de ler este livro pensei, bem se calhar a minha irmã até acertou nos livros, porque eu não gostava muito de ler como qualquer pré-adolescente. E peguei no livro do Harry Potter, que tinha a mesma idade que eu... e apaixonei-me pela leitura, todos os anos sai-a um livro e este acompanhou o meu crescimento e sai-a sempre próximo do meu aniversário e acho que todos os livros que tenho foi a minha irmã V que mos deu.... lembro-me de estar na fila da Fnac para a compra do último livro em Inglês.... e ser entrevistada pela Sapo ehehe... 

Depois destes dois primeiros livros, nunca mais julguei um livro pela capa ou pelo título. E todos os anos pedia livros pelos meus anos, e o meu melhor Natal foi um que as minhas irmãs me ofereceram 12 livros, lembro do meu namorado (o B claro) perguntar 12 livros grande seca, não gostaste... e eu foi a melhor prenda que me podiam dar. 

Sim eu contento-me simplesmente com livros... dizem que as mulheres precisam de diamantes, mas eu preciso é de livros, quantos mais melhor.

images (3).jpg