Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

CC cream da Mary Kay Review e comparação com BB cream da Missha

Como me recordava que o CC cream da Mary Kay dava mais cobertura que o BB cream perfect cover da Missha, podem ver o post aqui. Fiz então o mesmo teste que com o BB cream. 

 

Claro que sendo um CC cream e um BB cream não pode haver grande comparação. 

 

O que promete:

 

8 Benefícios em 1

  • Conhecido como um “corrector da pele”, o CC Cream com FPS 15 da Mary Kay®, oferece oito benefícios num passo, deixando a pele com um acabamento impecável. Confirma-se

Protege

  • O FPS 15 protege dos danos dos raios UVA E UVB que podem contribuir para os sinais visíveis do envelhecimento prematuro da pele. Podia ter mais factor de protecção visto do da Missha ter 42

Ilumina

  • Aumenta instantaneamente a luminosidade da pele e ilumina a pele. Vai conseguir uma pele radiante à medida que a fórmula ajuda a corrigir o visual de descoloração da pele e oferece um tom mais uniforme à pele. Oferece sim um tom uniforme a pele, quanto a iluminar acho que o da Missha ilumina mais

Corrija com uma Cobertura Leve

  • Os pigmentos minerais ajudam a corrigir as imperfeições e a melhorar o aspecto geral da pele com uma cobertura leve que não dá aquela aparência de visual “pre-feito”. O aspecto de uma pele cansada e fatigada é transformado à medida que a fórmula ajuda a afastar o aspecto apagado da pele. A sua pele fica com um aspecto radiante e com uma sensação suave e macia. Corrige sim as imperfeições e dá uma melhor cobertura que o da Missha, mas em termos de sensação leve e aspecto natural o da Missha bate o da Mary Kay

Minimiza a Vermelhidão

  • Proporciona alivio visível e minimiza a aparência da vermelhidão da pele. Até foi testado em mulheres com rosáceas que concordaram que ajudou a diminuir o aspecto da vermelhidão. Confirma-se

Corrige

  • Corrige instantaneamente a aparência das manchas e ajuda a disfarçar as marcas do rosto. Não comedogénico e isento de óleo, suaviza e nutre a pele com tendência à acne e acalma a pele mais problemática. Esta fórmula leve também corrige as olheiras e as sombras escuras à medida que se esbate maravilhosamente bem com o seu tom de pele. Confirma-se mas uso sempre um corrector porque acho que nada disfarça as minhas.

Hidrata

  • Hidrata durante 10 horas. A pele fica instantaneamente mais hidratada. Formulada com emolientes que ajudam a hidratar a pele, oferece conforto nutritivo sem ficar com uma sensação oleosa. Neste aspecto acho que o da Missha ganha, a pele fica menos oleosa no final do dia.

Reduz os Sinais Visíveis do Envelhecimento da Pele

  • As linha finas ficam menos visíveis e a pele fica com um aspecto mais jovem. Também ajuda a minimizar o aspecto dos poros ao mesmo tempo que melhora a textura da pele visivelmente. Não bloqueia os poros, portanto, fica com uma sensação suave e uma pele com um aspecto impecável. Ambos iguais 

Protege

  • Protege dos elementos stressantes do meio ambiente, como é o caso dos radicais livres que danificam a pele. Ambos prometem o mesmo

 

2015-08-13_16.49[1].52

 O meu tom de verão é o tom Médio a Escuro e de Inverno uso o tom Claro a Médio. Neste aspecto oferece mais tons "europeus" que o da Missha que é um BB cream pensado na Coreia do Sul. 

Como podem ver corrige o tom de pele, podem achar que fico muito morena, mas já vão ver que ele tem exactamente o mesmo tom que o BB cream da Misha. A diferença é que os pigmentos do CC cream são mais acastanhados e como não tem a função de branquear o tom de pele... a pele fica com um tom natural (idêntica ao resto do corpo). Dá muito mais cobertura e nas fotos não se fica com um ar claro porque não tem tantos pigmentos iluminadores e branqueadores. 

Para quem tem borbulhas como eu, a opção da Mary Kay é mais adequada do que o BB cream da Missha, contudo perde-se no conforto da pele. Porque sentimos sempre que temos mais do que creme hidratante na pele. 

2015-08-13_16.51[1].48

 Este é o teste com o BB cream da Misha, como podem ver da um tom uniforme e uma cobertura natural, mas dá sempre a sensação que temos o rosto mais claro. O próprio marido notou, atenção que ambos os testes as fotos são tiradas logo após aplicação. Como os tons são adaptativos ao longo do tempo o BB cream começa a ficar mais rosado. Relembro que como é um BB cream feito na Coreia do Sul é normal que tenha este efeito de branqueamento (sai assim que lavamos a pele, não descolora a pele) porque na Ásia a beleza da Mulher é uma pele cor de leite. 

 

20150813_170243[1]

Para os cépticos aqui fica a prova que ambos os tons são muito semelhantes, o da esquerda é o CC cream da Mary Kay e o BB Cream é o da direita. 

Como podem ver o da Missha BB cream é mais luminoso do que o da Mary Kay. 

 

 

Qual prefiro: Acho que vou continuar a usar o da Mary Kay após terminar a embalagem do BB cream da Missha. Apesar de gostar do cheiro e da sensação natural do BB Cream da Missha. Gosto de ter um pouco mais de cobertura para a minha pele. Para além disso em Portugal é difícil adquirir o BB cream mishaperfect cover da Missha. 

Quanto aos preços o da Missha é mais barato, mas como temos de pagar portes internacionais acaba por ficar ao mesmo preço do CC Cream da Mary Kay. 

Se existisse uma loja física da Missha se calhar usaria o BB cream da Missha, para o dia a dia, porque dá uma sensação de conforto natural da pele.  

Quanto ao CC cream da Mary Kay ele custa 27.50€ e não paga portes, pode adquirir aqui. E para além disso tem mais tons para escolher, se for da zona de Lisboa pode experimentar para ver qual se adequa mais ao seu tom de pele. Para quem é de longe pode encomendar, porque tem 100% de garantia de satisfação.