Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Por falar em aprender línguas...

No outro post sobre a Violetta, uma leitora questionou-me que se tivesse na língua original e com legendas que as crianças mais novas não iam perceber.. ao que eu respondi que senão sabiam ler nem deveriam de estar a ver uma série juvenil que fala e aborda de problemas de adolescentes. 

Mas fiquei a pensar nessa questão, a M tem imensos brinquedos em Inglês o Disney junior está em Inglês... mas o que me fez realmente pensar que as crianças aprendem muito depressa e facilmente foi quando a M esteve quase 2 semanas com a minha mãe. A minha mãe fala muito em Inglês e o seu português não é correcto... mas no final das duas semanas de convívio diário (a M estava doente) a M vira-se para mim a trocar as fraldas com 12 meses e diz no no no... e eu não o que filha? E ela depois diz don't don't.... e disse nos dias seguintes o no no no mais umas vezes e deixou de o dizer talvez porque eu não fale muito em inglês para ela. Mas a minha mãe quando lhe perguntei diz que sim que quando ela ia mexer em algo que não podia dizia no no no... e abanava a cabeça para mostrar o que queria dizer... e o don´t também lhe disse umas quantas vezes. 

E lá esta as crianças aprendem uma segunda língua na primeira infância tal como aprendem a língua materna por ouvir e por fazerem associações ao seu contexto... Quando dizemos não aos nossos filhos eles não entendem a primeira vez, mas com a repetição da palavra e repetição do contexto ou gesto eles depreendem o significado da palavra. 

 

E vocês qual a vossa opinião, acham que as crianças pequenas com menos 5 anos deveriam de ser expostas a outros idiomas ou não? A maioria das pessoas que conheço que não prosseguiram estudos acham que é ridículo e que confunde a cabeça as crianças. As que prosseguiram seu estudos dizem que é benéfico porque apesar de inicialmente elas poderem usar idiomas misturados, do tipo daddy é meu, ou oh o puppy... no futuro tem mais aptidão para as línguas e deixam de misturar idiomas. 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.