Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Esta senhora começa a me irritar

Ora senhora dona cocó, que no blog dela após criticar uma avó que não repreende o neto por lhe bater e ainda lhe dá um chupa. Sim também concordei que era errado. Que imensa gente lhe cai em cima e que manda segundo post com imensos livros de pedagogia para apoiar que sabe alguma coisa sobre o assunto. 

Manda esta crítica para aqui

Sim também concordo que às vezes nós pais tentamos educar de uma maneira mais branda do que nos foi ensinado a nós. A mim deram-me várias palmadas e menos castigos. Eu quero optar mais pelos castigos e menos pelas palmadas. 

Pasmem-se senhora do cocó, crítica o pai que estava a tentar negociar com a criança para entrar no elevador.... mas atenção um dos melhores pediatras para ela o Dr. Mário Cordeiro, ensina-nos isso mesmo, que devemos primeiro negociar e tentar perceber o que se passa. 

Se fosse a minha filha eu sabia logo o que se passava, ela não queria entrar no elevador com os vizinhos, é extremamente tímida com pessoas que não conhece. Eu fui assim, ela é assim... 

Se fosse pela atitude de DONA cocó que tem 4 filhos por isso sabe... eu pegaria três berros a minha filha e agarrava no colo a chorar para entrar num elevador. Humilhando e aumentando a sua introversão. 

Depois saca ainda de analogismos de ai o filho só come com o tabelt era só o que faltava ter um ditador em casa. E se quer ir de galochas para a escola no verão vai. 

E eu digo sim a minha M come com bonecos ligados, mas também sabe comer sem bonecos.... se decidirmos que vê notícias ao jantar, vê e pronto.... se nos pede a bons modos para por os bonecos e está-se a portar bem... sim damos bonecos... 

Sempre jantei com a televisão ligada em minha casa e não sou anti-social.

Aliás a M sabe que se não jantar, desligamos a televisão. É um privilégio sim que ela tem. 

Quanto as ir para a escola de galochas e outras peças de vestuário, a certas guerras que não vale a pena ser compradas, como a educadora da M diz, trazem outros sapatos que nós aqui os fazemos ver que foi a escolha errada e os pais tinham razão. 

E sim a M já foi de galochas para a escola sem estar a chover.

Mas sabe também que se porta mal os privilégios acabam-se, e fica de castigo e vai para a cama mais cedo.

Ela diz mesmo tenho 4 filhos era só que me faltava se tivesse que negociar com todos eles. 

De certo tem os livros só para enfeitar e não para os ler.