Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Do Dia da Mãe

Como referi no post passado, fui as compras no Domingo de Manhã para comprar roupinha para a M (supostamente havia promoções na Zippy mas acabei por ir a Primark por não haver nada que eu gostasse na Zippy). 

Já na caixa da Primark, a funcionária deseja-me um Feliz dia da Mãe e eu fiquei meio atordoada porque primeiro foi a única que me desejou um Feliz dia apesar de eu ter ido a mais lojas, incluindo a Zippy e só perguntaram se eu precisava de algo e nem um Feliz dia disseram (estranho numa loja de roupa para crianças). Claro que podia estar a comprar roupa para uma sobrinha ou filha de uma amiga, mas a funcionária arriscou e eu agradeci e disse nota-se que sou mãe... ela respondeu deixe lá ainda hoje comprei para a minha, somos mães mas no nosso dia só pensamos neles. E eu fiquei mais muda e o meu marido é que solta um Feliz dia para si também. 

Devo de ter parecido muito mal educada, mas fiquei sem saber o que dizer a uma mãe que iria passar o dia ou parte do dia a trabalhar, que não pode ser acordada provavelmente com os filhos na cama a dar as prendas, e não pode ficar a gozar daquele momento especial, porque tinha de ir trabalhar cedo. 

Fiquei realmente a pensar que de facto isso devia de lhe estar a custar e muito, mais ainda do que trabalhar no dia do Trabalhador. 

E agora que escrevo isto só consigo pensar no dia do Pai que como é num dia fixo 19 de Março, faz com que os pais raramente possam desfrutar do seu dia em pleno, e não penso como muitas mães, que dizem mas nós é que os parimos e carregamos 9 meses. Não desculpem mas o amor é igual, a ligação e cumplicidade podem ser diferentes, mas acredito que o meu marido ame o mesmo que eu. E acredito que ele preferia ser acordado de manhã com a filha aos saltos na cama com a prenda e o pequeno almoço.... e depois um dia inteiro de mimos e brincadeiras dedicadas a ele. 

Sim eu sei, dia do Pai e da Mãe deveriam de ser todos os dias, mas estão a mentir senão dizem que estas pequenas celebrações nos fazem sentir nas sete nuvens. E não é pelo materialismo do dia, o melhor presente para mim é os que a minha pequena faz, é a memória que fica de a ver a saltar de alegria ao dar-me a prenda... de com 18 meses já entender que aquele projecto que ela tanto se empenhou durante a semana na creche era para a mãe... e sim ela entende e já percebe que é ela que faz as coisas, porque tem desenhos e projectos expostos na parede da creche e ela aponta sempre para os que fez. 

 

Ver se no próximo dia do pai eu me lembro disto e como sou eu que marco as férias da Família tiro o dia ou dois nesta época e dou uma grande prenda ao pai da M (sim fazer isto antes que ela tenha mesmo aulas a sério). 

3 comentários

Comentar post