Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Coisas que nos dizem antes de ser pais e não acreditamos

Todos nós quando estamos prestes a ser pais, ou seja naquela bela fase da gravidez, ouvimos sempre dos amigos ou conhecidos expressões horrososas (que achamos sempre exageradas), do género, "aproveitam agora o sossego que nunca mais vão saber o que isso é." "Aproveitem para namorar e sair a noite porque nada vai ser igual". 

E eu já me vejo nessa situação a de dizer isso as pessoas que estão a passar pela parentalidade pela primeira vez, sim de facto eu odiava ouvir essas expressões mas de facto elas são verdade. Quem ainda não tem filhos pensa sempre, lá estão estes sempre a dizer mal ou a agir como se não gostassem dos filhos. E até acredito que existe muitos pais que dizem que ter filhos foi o melhor que lhes aconteceu no mundo, que não é nada cansativo, que recomenda a tudo e todos, mas que depois no fundo no fundo tem dias de M**** em que só apetece é imigrar para uma ilha deserta sem mais ninguém a volta. 

Se eu sabia o que era ser mãe claro que sabia, mas não fazia a mínima ideia do esforço enorme que tens de fazer para não deixar-te afundar só nesse papel, o esforço enquanto casal para não serem só os pais do X ou do Y. E acreditem que é fácil, primeiro nasce um bebé que de 3 em 3 horas se a coisa correr bem vai depender da mãe e o pai terá que segurar muito as pontas em casa, senão a casa vira numa feira da ladra. 

Acreditem as vezes o cansaço é tão grande que o simples fato de pensarmos em tomar banho ou fazer comida é demasiado quanto mais tempo e energia para namorar, mas como é óbvio tudo são fases claro.

Mas a próxima fase apesar de ser extremamente gratificante e é quando o nosso bebé lindo começa a fazer graçinhas, que vem logo o próximo obstáculo (ainda como casal nem recuperaram do terramoto que abalou as suas vidas) que é a volta da mãe para o trabalho. Depois é a mãe ter de ir trabalhar, buscar o rebento, tratar do rebento, fazer o jantar para a malta toda e o pai chega e trata de algumas tarefas pendentes como contas e afins... e janta-se a falar sobre o que o trabalho ou sobre alguma novidade que o bebe fez na creche e os pais não assistiram. Claro que depois pensam ok, é mais trabalhoso mas tem os fins de semana. Claro que sim, mas depois os fins de semana a vossa cria tem os horários lindos da creche onde almoça as 11 da manhã e dorme a sesta do 12 a 14:30... ou seja damos o almoço ao rebento, quando estamos a fazer o nosso almoço e acabar de almoçar vemos o relógio e temos para ai 30 min de descanso antes de se iniciar a hora do lanche e rotinas do bebe. E claro com tarefas de casa pelo meio, principalmente de roupa para lavar e passar. 

Mas claro é tudo uma fase e passa e rapidamente se tem as férias, mas depois criamos demasiadas expectativas e pensamos que vai ser lindo e maravilhoso brincar com o bebe na praia, e é não haja dúvidas, mas depois é todo o desafio de estar apenas umas horas de manhã na praia e depois sair para dar o almoço e o bebé dormir a sesta e depois voltar a praia as 16h... e o bronze de verão que antes tínhamos agora passa a ter a marca de quem teve muito tempo sentada na toalha ao lado da criança. E aquelas belas sestas que se faziam a dormir na praia... iram ficar para bem mais tarde. 

Claro que é tudo uma fase e as crianças crescem e tudo passa muito depressa, e queremos aproveitar o máximo possível deles, mas no meio disto tudo é sempre muito complicado não esquecer o outro, a nossa cara metade.... nenhum pai sã vai dizer que o seu filho não é a sua principal prioridade, depois o pouco tempo que nos resta das tarefas que se tem de fazer em casa, geralmente é passado a vegetar no sofá num estado meio adormecido .... e no meio disto tudo o romantismo que antes existia nas nossas vidas, acaba por ficar adormecido. 

Claro que a solução passa sempre por dizerem mas isso é simples peçam a um familiar para saírem juntos ou para ficar com o bebé uma noite.... tudo muito bem se tiverem um familiar a morar por perto, e depois existe sempre o fator psicológico que mexe connosco pais, mas estamos aqui a pedir para cuidarem do nosso filho para irmos namorar?! Ou descansar ou dormir descansados até mais tarde... e claro que temos esse peso na consciência e de facto até pode ser muito giro sair e tal, mas tal como nos disseram anteriormente (antes de sermos pais) já nada vai ser igual. Como pais vamos estar sempre a pensar e a questionar o que estará o bebe a fazer ou se dormiu bem, ou se comeu bem... 

É tudo uma fase e o segredo é tentar manter o romantismo ou a chama minimamente acesa da relação. Não esquecer que antes de sermos pais éramos simplesmente marido e mulher, ou namorados. 

 

Se antes ficava extremamente chocada quando ouvia dizer fulano tal divorciou-se e tinha um filho de meses, ou de poucos anos. Eu dizia sempre mas que raio se era para isso não tinham tido um filho... hoje em dia já entendo o porquê. Os filhos não servem para salvar relacionamentos meus amigos, só servem para os por a prova. Porque todos os defeitos que nos temos e os outros tem vão se tornar demasiado evidentes porque simplesmente estamos demasiado cansados para os ignorarmos. 

 

Mas é como tudo na vida é tudo uma fase e eu não trocaria o que tinha antes pelo que tenho agora, os maus momentos de cansaço desaparecem quando pensamos no que ganhamos enquanto família. E este ano em vez de umas férias de uma semana num apartamento qualquer a sul do país... se calhar peço antes uns dias a 3 num hotel onde não tenhamos de fazer uma palha, assim não há que preocupar com comidas e afins e podemos gozar em pleno... ah e claro uma escapadinha romântica a dois de 24 h que não sei se aguento mais tempo sem a M. 

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.