Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Bolo de pêra vegano

Este mês de Janeiro houve duas festas de aniversário na sala da M. Ninguém me avisou de nada apesar de eu ter pedido, chamei a atenção a educadora e o que ela me disse era que os pais só os tinham avisado no dia que iam levar bolo. E que só numa futura reunião de pais é que podíamos pedir aos pais que avisem com antecedência para que eu possa levar bolo especial. 

Então com pena da M decidi no Domingo fazer bolo só para ela e fiquei espantada mais uma vez com tão poucos bolos de pêra e receitas que não me agradavam nada, então decidi inventar um e o resultado é de comer e chorar por mais, nunca vi a M comer e pedir tanto bolo no Domingo, claro que só demos 1 fatia mas ela devorou literalmente a fatia, o pai comeu praticamente metade do bolo. 

 

CYMERA_20150209_092134[1]

 Ingredientes:

250 gr de farinha

150 gr de açúcar

150 gr de óleo

1 colher de fermento

1 iogurte de soja (sabor de alperce)

150 gr de leite soja

1 pêra média cortada aos cubos

2 colheres de sopa de açúcar

 

Preparação:

Pré-aquecer o forno nos 180 ºC

Juntar todos ingredientes, excepto a pêra e as duas colheres de açúcar, e mexer vigorosamente ou então na bimby colocar 20 seg velocidade 4. 

Juntar a pêra aos cubos e misturar as duas colheres de sopa, com este granulado colocar na forma de bolo inglês (se não for de silicone, unte antes) de forma a cobrir o fundo. Deitar a massa por cima e levar ao forno até o palito ficar seco, mais ou menos 30 min. 

Deixe arrefecer antes de desenformar, a parte da pêra caramelizada fica no topo após desenformar. 

 

 

P.S- No fim de semana, estive a pensar e se a M poder comer leite no futuro levo para a creche umas tabletes de kinder e dou instruções para lhe darem sempre que há bolo na escola, para que ela não se sinta excluída (se não poder introduzir o leite, dou chocolate vegano). Acho que é mais fácil isso do que pedir aos pais para avisarem. Coisa que eu não entendo o porque de não avisarem, eu avisei da M... custa assim tanto aos pais avisar?! E aliás eu perguntei se havia crianças alérgicas para o caso de haver eu adaptar-me a todos. E isto foi antes de eu saber que a M tinha alergias alimentares. 

 

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.