Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Posso rifar #2

Sabem aquela pessoa que eu quero assim muito rifar... irra que hoje se me aparece a frente quem se lixa sou eu... esse é que é problema...porque se eu não me lixa-se, essa pessoa já tinha ouvido das boas e quem de responsável também...

Ir a piscina na Quinta da nisto

A Quinta-feira a hora que vou nadar, vai para lá uma escola privada. E é totalmente estranho ver aquilo, primeiro alguns alunos tem farda e outros não. Depois ontem apercebi-me que alguns pais vão buscar os filhos directamente a piscina, até aqui normal.

Mas não ontem entrou uma senhora chique, fala com a filhota diz que adorou a ver nadar, e deu um beijinho e disse bom regresso a escola sim amor, a mamã mais logo vai te buscar....

Ora se saiu mais cedo do trabalho para ir ver a filha, não teria conseguido ficar com ela?! Ou será que não trabalha e a filha tem mais de mil actividades na escola e a senhora goza de uma liberdade total?! 

 

O que eu sei é que a menina fico super contente por ver a mãe ali, mas depois ficou com um olhar tão triste quando a mãe lhe disse que iria buscar depois.... 

 

Sim eu poderia ir buscar a M as 16:00 e só vou depois das 17:00, aproveito para ir as compras ou ir a natação e depois vou busca-la e ainda ficamos a brincar as duas no parque da escola até as 18:00 (ela adora). Mas não apareço lá na escola a dar "um beijinho" a minha filha e dizer olha agora tenho de ir sim... 

 

Depois outra coisa, o balneário é de meninas, existe um balneário misto para as mães vestirem os meninos... mas como há poucas funcionárias da tal escola, alguns meninos que ainda não se vestem sozinhos (apesar das meninas da idade deles já o fazerem), vão para o balneário das meninas... ora a essa hora geralmente é a aula de hidro também de senhoras mais idosas.... elas sentem-se incomodadas pelos meninos estarem lá, mas eles nem olham para elas... adivinhem porque, passaram o tempo todo a olhar para mim.... e no final ouço dois a dizer eu vi as maminhas dela... e a olhar vidrados para mim e eu já estava totalmente vestida.... 

Sério deu-me uma vontade de dizer, olhe diga as mães desses meninos que está na hora de os ensinar a vestirem-se sozinhos, eles nem tomam banho aqui, é só mesmo aprenderem a vestir-se....

 

Sério como é que crianças com mais de 6 anos não sabem vestir-se?! Não esquecer que no balneário misto está uma funcionária com todos os meninos que já tem 8 anos (que esses são proibidos de estar no das meninas). 

 

O papel dos pais é ensinar os filhos a ser autónomos certo?! E eu já ando a ensinar a M com 2 anos a despir-se sozinha e a tomar banho... todos os dias no banho digo para ela se esfregar depois de eu já a ter lavado. 

Coisas que me irritam

Pessoal que só sabe criticar, se ajudamos animais  -  mas com tanta gente a passar fome estas preocupada com um animal. Se ajudamos os pobres - sinceramente que vão mas é trabalhar a viver do rendimento mínimo, a mim ninguém me dá nada. Se por acaso apoiamos os refugiados - sinceramente com tanta gente no nosso país a passar necessidades e preocupados com terroristas. 

Depois irrita-me comentários de pessoas que dizem " mas eu só não ajudo porque não posso, mal tenho para eu comer quanto mais dar a outros!" -  o que eu penso, mas tens net pelo menos e um pc ou um telemóvel com internet certo -  se estas a passar necessidades a primeira coisa a cortar é geralmente na internet em casa e afins, só por último na comida certo! Pois aparentemente não... e não me venham com a teoria que precisam da net para arranjar emprego, vão a uma biblioteca municipal ou a junta de freguesia que eles tem PC com net gratuita. Agora se só querem é criticar e mandar postas de pescada e não ajudar ninguém a face da terra, é convosco mas não dêem destas desculpas mais nojentas que é um verdadeiro insulto a quem precisa. 

Eu não gosto de me glorificar nem digo o que faço para ajudar quem eu ache que mereça, acho que é algo que deve ser feito de forma discreta sem grandes anúncios. Mas só a título de exemplo, lembro me de estar no lidl e sair para por as compras no carro, era tudo coisas não comestíveis. Aproxima-se um menino romeno e pede moeda e eu digo não tenho e ele com olhar triste fica ali a ser escorraçado por todos... fico a pensar vou subir comprar algo, mas estava atrasada para ir buscar a M, então lembrei-me que não tinha ainda lanchado o iogurte líquido que estava na minha lancheira... e aproximei-me dele e perguntei queres tens fome e ele sorriu e engoliu aquilo de uma só vez. 

Sim fiquei sem lanche mas ele precisava mais do lanche do que eu. Só fique com pena de não ter mais comida para lhe dar, que sem dúvida teria dado sem pensar duas vezes.

Porque que não lhe dei a moeda, porque sei perfeitamente que ele iria dar aos pais, que os pais é que os põem a pedir dinheiro porque são mais susceptíveis das pessoas ficarem com o coração mole e lhes darem o dinheiro.... dinheiro esse que raramente deve de ser utilizado para alimentar os miúdos. 

Também tenho a perfeita noção de que provavelmente iria apanhar porrada por não levar o dinheiro dele, mas como disse a quem me disse isto  - " da porrada não o posso livrar porque deve de levar diariamente, ao menos tinha o estômago mais reconfortado". 

Já a minha mãe também me lembro de ela fazer o mesmo, dois irmãos pequeninos de etnia cigana andavam sempre pelo intermaché a pedir, a irmã tinha 5 anos linda de morrer e o irmão 3 anos de mão dada a ela, sujos e a pedir dinheiro... a minha mãe chamava-os ao café pedia dois pães com manteiga e dois copos de leite... até o dia em que a avó dos mesmos se põem a ralhar com a minha mãe que assim eles não pediam dinheiro porque já não tinham fome. A minha mãe disse e acha bem tão novinhos passarem fome e só comerem se trouxerem moedas para casa. A resposta - sim, claro de outra forma não aprendem que a vida é difícil e tem de se trabalhar para comer... a minha mãe nunca mais os viu. 

Ciganos naquela zona, já não viviam em barracas, um trabalho muito difícil da câmara, porque muitos não queriam sair das suas barracas, dizendo que cigano vive em tendas ou em barracas e não em casas. Aos poucos foram cedendo, mas as tradições continuam muito entranhadas neles. Tive colegas de escola ciganos que foram forçados a sair da escola tinham eles 15 anos para ir trabalhar e obrigados a casar aos 16 anos... dois amigos que fiquei super feliz de os ver hoje em dia a quebrar tradições, os filhos andam na escola e eles dizem que não os vão tirar nem obrigar a casar.

Por isso sim aos poucos é possível mudar o mundo, aqueles colegas ciganos só precisaram de ver a nossa realidade, ao baixo assinado que fizemos na tentativa dos manter na escola, e na festa de despedida deles... para lhes ficar marcado no coração que queriam melhor para os filhos deles. A palavra certa é sempre Integração e ajudar o próximo, com dinheiro, ou com comida, ou simplesmente com um olá bom dia ou um sorriso... fazem muita diferença na vida das pessoas e ainda mais nas crianças. 

E não pensem que eu também não me irrito quando o estado só da casas e dinheiro e as pessoas ficam a aproveitar-se e a viver do dinheiro do estado e não fazerem nada para conseguir um trabalho... claro que me irrito, mas não é por esses que todos os outros tem de pagar por igual... Por isso tal como o Nuno Markl disse em vez de ir para o Facebook criticar tudo e todos passem a ajudar mais, não interessa quem, ajudem quem acham que precisa e talvez o país fique melhor. 

 

 

Coisas que adoro...not...

Quando alguém nos pergunta "Estas com cara de sono" e eu respondo "Ressaca do fim-de-semana, deito-me sempre pós 11 da noite e acordo as 6:30" e a pessoa responde com um relato completo do que fez no fim de semana, quando nós tentamos comentar que os fins de semana passam a voar sem dar para fazer tudo o que planeamos, a pessoa corta logo e diz que tem de se despachar.... 

 

Quer dizer eu gramo a seca de ouvir tudo o que fizeram no fim de semana, mas depois já não tem tempo para ouvir os outros... ah tá bom e a educação ninguém vos deu? 

Coisas que me enjoam um bocadito

Esta moda infernal que todos fazem running, atenção não é correr é running para ser mais chique e fashion. 

Atenção não sou do contra que façam desporto, partiquem uma atividade desportiva ou tenham uma alimentação saudável. 

O que irrita é visitar blogs e só vermos gajas de calções e top a mostrar o corpo que nem está assim tão definido quanto isso (mas nada contra é bom ter orgulho no que tem) e a mostrarem todos os dias o quanto correram, o que comeram e a irem a 30 mil corridas por ano. Tipo menos ok se agora a moda fosse mostrar o que fazem na sanita tb iam fazer mil post dedicados ao mesmo?

Sério para todo o lado que olhe nas redes sociais é só fiz 8 km com esta vista, ou corri 11km em tempo recorde... ou fiz um treino do demónio com o meu personal trainer que vai a casa...

Chiça que não há paciência a sério... e sério podem confirmar que é moda e é muita moda de bloggers de sucesso porque agora correram todos juntos e tem o mesmo PT.... resultado para ai uns 20 blogs que todas as segundas mostram a mesma corrida... e durante a semana ainda levamos com os 20 treinos que cada um fez...

Vou só ali meter-me na piscina e publicar todas as vezes que lá for e o que fiz... porque running não é comigo talvez o swimming se torne uma moda que tal?