Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Isto é que vida

Praia de manhã. Almoço pelo meio dia devido ao sol. Dormir a sesta e ir ao café depois. Piscina e de seguida casa. Sim já fomos jantar fora o peixe mais delicioso da minha vida. Já vimos a marginal de armação de pêra a noite e ficamos desiludidos. Poucos restaurantes poucas opções. Hoje comemos mariscada a noite após debate. Comemos em casa por dois motivos, primeiro nenhum restaurante nos agradou muito neste campo e depois para mim comer fora sabe bem óbvio mas também é um pequeno stress porque temos de entreter a m e dar de comer fora do seu ambiente. Ela porta se relativamente bem mas geralmente jantar fora demoramos uma hora e meia e nesse tempo ela fica muito saturada. O ano passado com meses de vida dormia em qualquer lado. Não saia da mesa e nem estava naquela fase de birras. Jantar fora significa dar mais atenção a ela até porque sentimos que as pessoas ao lado nos estão sempre a observar. Até na praia que saímos sempre as onze e meia da manhã ouvimos uma senhora nos repreender porque as onze da manha a m estava a brincar a beira mar sem t-shirt num dia nebulado e com pouco calor. A ironia da situação é que a mesma senhora disse que estava a espera dos filhos e netos todos de idade inferior a 5 anos e quando saímos a hora habitual ps ditos ainda não tinham chegado. Aparentemente pode se estar na praia na hora de maior calor desde que com t-shirt vestida .<

IMG_20150906_133613.jpg

/

IMG_20150909_214657.jpg

 

p>

Na saga dos biquinis

Lembrei-me agora de um incidente na intimissimi... aqui a dita é pequena... aqui a dita é anafada... aqui a dita vai a intimissimi e quem a vem ajudar é um homem lindo de morrer com uma tatuagem de bad boy a  mostrar-se ligeiramente debaixo da manga da t-shirt... Aqui a Je ficou cheia de vergonha por ter de pedir ajuda a um homem a escolher partes de cima... mas lá lhe pedi duas e disse o número...

Agora digam-me lá se não é estranho e intimidador ter um gajo bom numa loja de roupa interior sexy e termos de dizer o nosso número ao dito... 

Epá eu até posso gostar de lavar as vistas meus caros, sou casada mas não cega... mas daí a ter de dizer que tamanho as minhas maminhas tem ao dito gajo bom... é coisa de me deixar a mim toda envergonhada... 

Imaginem se fosse comprar uma conjunto sexy para surpreender o marido e aquele dito gajo bom como tudo me viesse ajudar a escolher... acho que morria ali logo na loja de vergonha... 

Acho que qualquer mulher se sentira constrangida, mesmo tendo um corpalhaço quanto mais eu que sou anafada... 

E só de lembrar que na Women Secret as senhoras da loja vão até ao provador perguntar se gostamos ou se queremos uma opinião... algo normal nestas lojas... e ai o que o dito gajo bom que nem um pão faz?! Chama a colega ou vai ao provedor perguntar se queremos opinião. 

Por acaso não foi, graças a todos os santinhos... mas ainda tive mais vergonha por ter de devolver as partes de cima e dizer que não me serviam mas que não tinha tempo para ver números maiores. Acho que sai de lá vermelha.