Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Em sintonia

Ora ontem fui as compras comprar leites, chocolate para o leite, salada e comprei um álbum para pintar da patrulha pata que ofereci a alguém (já que não estava no carro quando cheguei a casa :). 

Bem era para ter comprado o meu querido Ovomaltine, mas vi lá uma novidade chocolate em pó da Lion com sabor a chocolate e caramelo. Bem que mais poderiam ter inventado. 

O B põem sempre açúcar nos chocolates em pó, mas prova e faz uma careta e eu pergunto então muito doce e ele não isto sabe mal....vou provo a espera de algo doce, nada de doce, e com um travo a caramelo falso, a lembrar-me as minha saquetas de bifus que tem um sabor químico a caramelo. 

Bem aquilo realmente é uma desilusão e pensei bolas vou ter de fazer um bolo com isso. 

Hoje no meu intervalo do lanche, vou ler os blogues de culinária que sigo e vejo o da Luísa Alexandra a dizer exactamente o mesmo, que comprou o dito para agradar a malta de lá de casa que adora Lion e puff ninguém gostou e fez umas bolachas de chocolate. 

Portanto o universo compensou-me dos fracassos de ontem, porque já tenho uma receita para gastar aquela meleca.

Ode aos Homens

  • Nunca sabem onde estão as coisas, mesmo que vivam na mesma casa desde que nasceram. 
  • O leite nunca está no frigorifico, por mais que digamos que ele esta ali no sítio do costume. 
  • Conseguem ver o mesmo filme 10 vezes e nunca se lembram que já o viram. E quando se lembram continuam a ver como se fosse a primeira vez. 
  • Não acordam durante a noite com o choro do bebé, mas basta nos encostarmos mais a eles que acordam logo prontos para a festa. 
  • As meias tem tendência a desaparecer para locais estranhos. 
  • A roupa raramente chega ao cesto da roupa suja. 
  • Quando pedimos para limpar ou arrumar a cozinha, é o equivalente a por a loiça na máquina. 
  • Nunca pedem direcções, nem ao raio do GPS...é preciso estarem mesmo perdidos para ligar o dito. 
  • Pedimos qualquer coisa aos mesmos, e passado 20 minutos não está nada feito, perguntamos novamente a reclamar e dizem mas não me pediste nada (nunca ouvem a primeira)
  • Aprendemos a lição e passamos a pedir as coisas várias vezes, ouvimos reclamar que não são surdos, vamos ver e fazem as coisas por metade (porque só processaram metade).
  • Nunca sabem como por a roupa a lavar, não sei aquilo deve de ser uma ciência que só as mulheres entendem, perguntam sempre que roupa ponho a lavar, e esta branca com um boneco pode ir com as brancas, e as tuas cuecas que não são todas brancas, e o cinzento pode ir ou não... e qual o programa e detergente. Mesmo que lhes expliquemos vezes seguidas a pergunta é sempre a mesma. 
  • Projectos de bricolage em casa ficam anos até verem a luz do dia. 
  • Um quadro para pendurar fica anos para ser pendurado, mas se nós mulheres fizermos e sair asneira, reclamam logo que devíamos de lhes ter pedido ou então esperado que eles fizessem. 
  • Perguntam sempre que roupa devem de vestir aos filhos. 
  • O que vão almoçar os filhos, ou o que lhes dar para pequeno-almoço ou lanche. 
  • Recados da educadora, muitas vezes passam esquecidos caso não venham anotados num papel. 

 

Mas depois são considerados melhores profissionais que as mulheres, vá se lá entender quando a maioria nem sabe viver sozinho, sim sim, tenho dois vizinhos que vivem sozinhos, um a namorada vai lá várias vezes a casa. O outro os pais vem da aldeia limpar a casa e tratar da roupa.... 

 

EHEHE homens podem cair em cima de mim a vontade, que as mulheres vão dizer que é tudo igual lá em casa e é se não forem acrescentar mais uns pontos.

 

As crianças de hoje

As crianças de hoje são completamente diferentes de nós. Tal como nós somos completamente diferentes dos nossos pais e por aí fora. Mas atentem a conversa de hoje. 

 

M deixa cair um pedaço de pão de leite para o chão:

 

-Não faz mal, como o resto. - digo eu para que ela não tentasse comer o que caiu ao chão.

- Deixa mamã, o robô limpa. - diz a M quando me vê a limpar o pão.