Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Escandalizada com isto

A Professora Pinki Sahota, uma das responsáveis pelo estudo, disse ao jornal Mirror que uma das mães questionadas sobre se cozinhava muito em casa, respondeu que não, que era mais fácil ir ao fundo da rua comprar um hamburguer, batatas fritas e uma bebida por apenas 1,50 euros.

Os primeiros dentes de um dos bebés analisados nasceram ja pretos, devido à quantidade de coca-cola que bebia no biberão.

Outra mãe, com um filho ainda sem dentes e já obeso, confessou que esmagava as pontas das batatas fritas e metia na boca do filho.

"O facto das crianças estarem a ser alimentadas com este tipo de comida é já uma preocupação grande, Mas os pais esão a incutir maus hábitos para a vida toda", revela Pinki Sahota. E acrescenta: "As mães com níveis de educação mais baixos tendem a ser as piores. Mutas delas não sabem cozinhar".

O estudo também revelou que mães adolescentes estão a dar sete vezes por semana, ou mais, batatas fritas e fritos aos seus bebés de 18 meses.

 

Podem ler aqui.... bolas por amor da Santa já começavam a por a Disciplina de Economia Doméstica nas escolas onde os meninos e meninas aprendiam sobre economia e gestão da casa e também apreendiam a cozinhar.

Gatos e os pepinos

Já viram nas redes sociais de certo a brincadeira dos gatos e dos pepinos. Basicamente o gato estar descontraído a fazer qualquer coisa, muitas vezes a comer, e o dono aproxima um pepino e põem atrás deste. Resultando num tremendo salto de medo do gato quando vê o pepino. 

A explicação para o fenómeno surge no site da Royal Canin. O gato não tem medo do pepino como objecto em si, até poderiam por outro objecto que o susto seria igual. Uma vez que o animal está a relaxar a fazer uma actividade como dormitar ou comer.... e quando se vira vê algo que antes não estava.  A nós isso também acontece e não é nada agradável termos essa sensação de pânico e medo. 

O especialista em comportamento animal avisa inclusive o porque de não ser recomendado fazer isto ao animal.

 

Além disso, existe uma grande probabilidade de, numa única exposição ao objeto, provocar nele uma fobia perante outros objetos, pessoas ou animais que o gato relacione com a situação. Assim, o gato pode, por exemplo, adquirir uma fobia ao comedouro, ou à cozinha (se lá estava a comer), ou a comer na presença de outro companheiro que estava nas proximidades, quando ele se assustou. Pode inclusive ganhar medo ao dono, caso o gato se aperceba que foi ele quem colocou ou removeu o pepino, podendo evitar a aproximação ou não permitir que o acaricie. 

 

Como podem ver, acho que a gracinha não compensa em nada o risco do animal ficar com fobia, ou até ficar agressivo com o dono por ter medo.