Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

É KARMA só pode

A muitos anos atrás, quase dez acho eu... acordo com os gritos histéricos da minha irmã estava a nevar na santa terra, onde nunca tinha nevado antes.... o país inteiro teve direito a neve... mas no meu local a neve durou o dia inteiro.... tipo serra da Estrela... na terra da sogra, derretia ao tocar no chão.

Este fim de semana há previsão de neve em Sintra, senhores, eu moro no concelho de Sintra, mais concretamente num local onde está sempre menos 3 graus do que no resto da cidade.

E adivinhei onde vou este fim de semana... sim para a casa da Sogra... o local é frio... mas para lá não tem previsão de neve... é KARMA só pode e eu que adoro neve...

Peripécias da Niki

Quando andava no meu último ano da faculdade fiz um valente entorse no pé e acabei por ter de recorrer a umas muletas emprestadas, mas só ao fim de uns dias é que aceitei que as tinha de usar... ou melhor eu já sabia, mas todos diziam "ah isso é só um pé torcido" incluído senhor B. Que há uns anos se arrependeu do que me disse, porque tive de fazer bastantes sessões de fisioterapia muitos anos depois.

 

Mas voltando a questão, na altura tínhamos aulas na outra margem, aka em Lisboa...sim tive na faculdade na outra Margem, aka Costa. E isso implicava uma 1 hora e tal de tranportes e um cacilheiro pelo meio. Isto tudo de muletas.... geralmente a subir e a descer o cacilheiro ou ajudavam as minhas colegas ou os senhores que atracam os ditos...

Um belo dia a voltar das aulas chego ao cacilheiro e estava imensas pessoas, eu lá vou tentando não cair e digo as minhas amigas agarra-me.... e sinto-me ser agarrada, nem olho.... subo as escadas para ter lugar sentada, e sinto de novo a agarrarem-me.... não olhei, sempre a pensar são as minhas colegas.... chego lá acima e o ouço a voz de homem (não velho era jovem) a dizer pronto senta-te agora que já não cais... bem eu olho para trás super assustada e assusto o jovem... Nem tive reacção de lhe agradecer e as minhas colegas a rirem que nem umas perdidas... disseram que a multidão as puxou para trás e estavam longe de mim, quando eu disse agarra-me porque estava a cair... o jovem (homem, que já devia de trabalhar) agarrou-me e levou-me sempre sem eu dar conta.

 

Portanto se está por ai um homem a ler isto e a reconhecer a história aqui fica o meu muito obrigada por não me deixar cair a água, e ajudar a subir as escadas.

 

 

 

Fim de semana perfeito este

Para quem não tem filhos... querem ver as diferenças....

 

Sábado de manhã sem filhos:

Casal dorme enroscadinho no meio das mantinhas quentes, abrem o olho é cedo 10 da manhã, chove muito lá fora, ficam na cama até doer o corpito. 

 

Sábado de manhã com filhos:

6:30 da manhã, acorda a mãe, o pai tem o sono pesado... e porque que acorda a essa hora, porque está já nos genes de mãe acordar sempre a mesma hora.... ouve a chuva lá fora, boa posso dormir mais um bocadinho.... passado uns 15 min ouve-se a criança mexer no intercomunicador ou mesmo sem ele, que mãe tem um ouvido ultra-sónico. Suspende-se até a respiração numa tentativa de que aquilo que se ouviu seja só e somente a criança a virar-se na cama.... passado uns 5 min, temos a confirmação de que não, a criança acordou e para não variar mais cedo do que durante a semana. 

Vamos buscar a criança e rezar que não esteja molhada, ou que não diga logo xixi....se tudo correr bem conseguimos trazer para a nossa cama (sim sim, quem não tem filhos que os tenha e veja se não quebra logo esta regra). 

Já na nossa cama somos bombardeados com pontapés, mãos, e saltos em cima de nós que acabamos por sair da cama... Sim ao fim de semana estamos a tomar o pequeno almoço ainda antes das 8 da manhã e isto nos dias bons. 

Depois passamos uma manhã meio a dormir a olhar para o panda... e a ver mil brinquedos no chão... e a criança a saltar em cima de nós porque está farta do panda, dos brinquedos e de tudo e mais alguma coisa. 

Chega a hora de almoço e já damos pulos de alegria porque significa que vai haver sesta :D. 

 

Sábado de tarde sem filhos:

Levantam-se pela uma da tarde, comem qualquer coisa... arruma a loiça e ficam a vegetar no sofá com mantas e a pensar se vale a pena ou não arrumar a casa. 

 

Sábado de tarde com filhos:

Criança a dormir, pais já almoçados, e ainda é uma da tarde... boa toca a arrumar a loiça e mil brinquedos e lavar roupa (sim está a chover e depois) e por na máquina de secar (não tem uma vão a rua por a roupa a secar na lavandaria). Quando finalmente tem a casa minimamente organizada mas não limpa, e pensão é agora que vamos dormir um pouco ou fazer ronha no sofá.... eis que a criança dorme apenas uma hora e pouco e não as duas a três horas, porque não gastou energias suficientes e acorda exatamente quando os adultos estão a fechar o olho...

E pronto começa o mesmo filme e os pais já começam a percorrer a lista mental de amigos e familiares com filhos para combinar um café ou lanche lá em casa. Sim a casa não está limpa, mas o que nós queremos é alguém ou algo diferente para entreter a criança que já destruiu a casa toda. E isto ela ainda não sabe falar muito, imagino quando ouvir bocas de... "isto é uma seca, não tenho nada para fazer".... "não tenho jogos nenhuns novos".... "oh mãe"....

 

 

O Domingo é só por em modo repeat...

 

 

ab4791a524d102e922888b55b5f91d39.jpg

fab4a566ac27ed2fac49e67abaad66d9.jpg

 

 

Hoje é sexta

E eu nem sei bem o que escrever..... ia nadar já não vou... tenho a roupa da cama da miúda para mudar again. E mil tarefas para fazer e este fim de semana e de ir visitar a sogra.

Agora deu-lhe para beber sempre leite e pão, antes de ir dormir mesmo que tenha jantado bem... resultado as cuecas absorventes (as únicas que a menina aceita porque já não é bebe e não usa fraldas). Não aguentam com tanto xixi e acorda de manhã pelas 7 molhada.

E agora como lhe tiro o vício?!