Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Os filhos dos outros

Uma coisa que reparo desde que sou mãe.

 

Os filhos dos outros, são sempre mais mal educados, mais birrentos, mais irrequietos. Ainda usam chucha, ainda usam fralda, não fazem isto, não comem aquilo.

Geralmente quem diz isto nem tem filhos, mas adora mandar postas de pescada, mas depois quando são pais fazem exactamente os mesmos erros que os outros pais, porque os nossos filhos são sempre mais pequeninos, que coitados são tão pequenos que ainda dormem com os pais, não importa que os filhos dos outros fossem para o quarto deles com menos de 6 meses. Isso é porque o filho dos outros não é o nosso filho pequenino. O nosso filho pequenino usa chucha coitado e ai de quem lhe a tire... não importa nada que esse mesmo pai ao filho dos outros esteja sempre a dizer mais ainda usa chucha, ou tira a chucha, mesmo que o bebé dos outros ainda tenha meses.

 

Depois existe aqueles pais, que exibem os filhos a força toda, o meu Zé Manel já conta até 10 e ainda só tem 1 ano... já fala pelos cotovelos, e o Zé Manel a meses que anda, e dizem isto quando a nossa filha começa a andar com 10 meses, mas a diferença é que o Zé Manel começou a andar depois de um ano, mas isso não interessa nada por o Zé Manel é tão melhor que os outros, é sempre o melhor.

 

Sim sei o que é ter orgulho na minha filha, e sei que para mim a minha filha é a mais perfeita, mas tento por um travão em mim, quando eu digo sim a M aos dez meses já anda, e aos 8 meses andava agarrada a tudo... e sim a M deixou a fralda aos 2 anos e a tutu pouco tempo depois.

Tento sempre por um travão porque a M começou a falar depois de muitos meninos da idade dela, e sei o que eu ouvia, com o Zé Manel já sabe as cores, as formas, e conta até dez... e a sua não.

 

No fundo, no fundo, somos todos pais e todos nós fazemos o melhor com aquilo que temos.... e nenhuma criança é igual a outra criança.

Presidenciais e abstenção

O pessoal fica admirado com a abstenção, então não tem cabeça para pensar.

Primeiro o povo acha que o voto não conta para nada, porque nas eleições quem ganhou não ficou a governar, basicamente não se respeitou a voz do povo e o povo não gostou disso.

Depois durante anos tivemos um presidente da república que não fazia mais do que passear e isto é quando lhe apetecia porque até as comemorações do 5 de Outubro faltou. E o pessoal pensa, votar para que.... para mais um ganhar um tacho.

 

Depois se o nosso voto não dê-se dinheiro aos candidatos, se calhar assim o pessoal ia votar.

 

Mas que sei eu da vida dos outros, eu sei que votei, mas ouvi muitas pessoas a comentarem o mesmo que eu... votar para que?

 

Daqui a nota positiva para o discurso de Sampaio da Nóvoa... soube reconhecer uma derrota.... e para mim um valente lol para a Maria de Belém, epá nunca gostei dela mas que foi bem giro ver ela levar uma derrota daquele tamanho... quem lhe manda dizer que não abdica dos seus direitos quando a maioria dos portugueses vêem os seus direitos retirados diariamente?!

O adeus a tutu....

Ontem fomos a quinta pedagógica dos Olivais, com  a melhor amiga da creche da M. Quando desceu ao carro não levava a tutu, logo vimos que a tínhamos de a ir buscar porque começou logo a chorar e a pedir a dita.

Sempre muito agarrada a tutu, só me deu quando eu disse que para ir ter com a amiga não podia a levar na boca.

Nessa mesma quinta existe uma árvore com chuchas, os miúdos deixam as chuchas lá penduradas quando fazem o desmame. Eu mostrei a M e perguntei se queria deixar a tutu dela a árvore. Ela responde logo que sim, mas mete a chucha a boca. Pensei ainda não é desta. Bem lá vimos os animais com a amiga, e na volta a mesma árvore, perguntamos as duas se queriam deixar lá as tutus, a M diz que sim (eu já tinha dito ao B que se ela deixa-se a tutu que íamos manter firmes)... os pais da outra menina traziam duas chuchas e a menina pede a chucha velha e vão lá as duas (está filmado) deixar a chucha aos pés da árvore (aqui até eu fiquei com pena da tutu ali no chão)...elas voltam para nós fazemos uma super festa... a M vai para o colo do pai e começa a ficar agitada a querer ir para o chão, e eu desligo a máquina a pensar ui vai buscar a dita....Não foi dar um abraço a amiga de felicidade.

Quando íamos a sair a amiga da M desata a chorar porque se apercebeu que a chucha ficava lá, e os pais dão logo outra chucha na hora... e eu já a imaginar a M a imitar a amiga, mas lá a distraio e digo vamos comer um chocolate por deixares a tutu nas árvores da tutu... e pronto pacífico.

A amiga ainda tentou lhe dar a chucha dela, mas eu disse a M não e ela tutu e eu então ou tens tutu ou chocolate... e ela disse chocolates (mais gulosa não existe).

Fomos para o carro, o primeiro grande teste, ela cheia de sono e nos a prever choradeira pela dita. Não fez birra para ir para o carro, porque não queira vir embora, pediu a tutu... e eu digo que ela tinha dado a tutu a árvore das tutus e que a fada da tutu logo a noite ia dar uma prenda por ela ser linda e crescida.

Foi o caminho calma sem pedir, segundo teste hora da sesta, pediu a tutu e disse-lhe o mesmo.... mas demorou eternidades a adormecer e acabou por adormecer no meio dos pais.

Saímos depois da sesta para o shopping e não pediu uma única vez, chegou a hora de dormir e eu a pensar ui é a agora, pediu uma vez... eu digo o mesmo.... ela diz a mini - "Mimi, M tutu na avore" e depois para o desenho do poh que tem na parede - "poh a M não tutu".

A noite foi mais agitada, mas ela teve um pico de febre ontem a noite, hoje já não tinha nada (dormiu bem na cama dela).

Hoje acordou com a prenda da fada da tutu na cama e alegria dela e segurou na prenda e disse tutu... e nós dissemos sim a fada da tutu deu-te uma prenda por dares-lhe a tutu.

 

E sim acho que inventei uma fada da tutu, mas olha resultou...