Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Espelho meu, espelho meu...

Haverá greve mais estúpida que esta dos pilotos da TAP, sinceramente, já se viu que a opinião publica não esta com eles. A maioria do povo considera que esta greve é imprudente, é muito fácil para os pilotos a fazerem, tem dinheiro, tem um fundo que paga os seus ordenados durante a greve e portanto para os pilotos que a fazem estão a tirar uns dias de férias pagos colocando em risco o posto de trabalho de vários trabalhadores da TAP. 

E não será o deles em risco, porque primeiro pilotos são escassos no mundo, as regras exigidas e horas de voo e cursos com preços proibitivos fazem com que esta profissão seja muito bem renumerada mas também haja uma certa falta de pilotos. Logo a TAP mesmo que sobreviva não os pode despedir senão não pilota aviões logo também não ganha dinheiro, quem pode mesmo a TAP despedir, pessoal da terra... pessoas que trabalham no back-office, projectos de inovação que podem ficar parados ou nem arrancar. Actualmente na TAP já se trabalha muito com poucos recursos em back-office, mas aparentemente querem os pilotos, arranjar mais despedimentos ou que os projectos de inovação que a TAP tenha parem... fazendo danos a empresa, uma empresa destas que não inova rapidamente perde mercado. 

Portanto os queridos pilotos que ganham abusos, que não perdem um dia de ordenado (eu quando faço greve perco e ninguém me da dinheiro) graças a um sindicato rico, estão a dizer que podem estender a greve por 15 dias para ver se o GOVERNO se atina... mas expliquem lá como vai o GOVERNO atinar, quando o buraco da TAP já é enorme e maior ainda está a ficar?! A culpa é de sucessivos governos e sucessivas administrações ruinosas da TAP.... A culpa é a TAP estar organizada em múltiplos departamentos internos, onde ninguém se entende e ninguém sabe de nada e onde para aprovar algo é preciso mil burocracias... infelizmente é tudo muito semelhante com outras empresas estatais. Nessas empresas se perguntar ao seu administrador o que se passa, ele vai precisar sensivelmente de um mês para conseguir perceber o estado actual da empresa.... 

Enfim é o drama de sempre e o costume de várias entidades públicas, quem nunca ouviu que num tribunal o oficio é feito em tribunal X mas depois o requerimento é feito no Y e depois a aprovação é no Z e depois o pagamento é feito no H... e depois o H nem sabem a quem tem de dar o dinheiro e passam-se meses e meses com atrasos, e documentação errada e afins. 

O pais precisava era todo de ser privatizado, sim existem grandes empresas privadas que funcionam bem, e que esta tudo estruturado e bem ligado. 

Agora a TAP infelizmente não está bem estruturada, alguém andou a brincar a investir dinheiro no Brasil e ninguém entende de quem é a culpa e de o porque que a TAP no Brasil não estar a resultar e ainda levar a empresa mãe a falência... lá está ninguém se entende e se perguntarem ao Governo este responde que é preciso abrir um inquérito e nomear uma comissão qualquer ( mais dinheiro) para ir fazer as respectivas diligencias e descobrir como é que uma empresa com tão boa reputação na aviação vai a ruína. 

Somos todas umas cocós

Senhoras se eu ao primeiro filho da Kate a achei-a super mulher por sair no dia seguinte, linda e radiante e mostrando ainda a sua barriga... desta vez não a acho humana.... ou isso ou somos nos todas que parimos em Portugal umas grandes cocós.... DEZ Horas depois de parir, sai assim para a rua com este ar?! Epa eu acho que por essa altura ainda tinha algumas tonturas devido a perda enorme de sangue que tive no parto da M (sim cheguei quase a desmaiar quando me fizeram o levante, só me lembro de ver a enfermeira a mostrar o primeiro coco dela e eu dizer eu acho que vou só me sentar... e a seguir já estava nos braços da enfermeira e a deitarem-me com as pernas elevadas....)

Por isso meninas só vós digo aos pés da Kate somos todas umas grandes cocós....

 

kate-william-baby-inline.jpg

 

Maravilhoso mundo da maternidade

Este fim de semana calhou a M precisar de mudar a fralda com cocó quando a empregada estava a limpar o seu quarto. Eu pedi licença e a empregada diz:

- "Ainda usa fraldas?"

- " Sim, ela ainda não sabe pedir, estamos a começar a perguntar se tem cocó, que é mais fácil de pedirem que o xixi, e só tem 18 meses, com 2 anos é idade recomendada para começar o treino!"

- "Ai não pode, cá em Portugal (é o ucraniana) é uma absurdo crianças usarem fralda, minha filha tinha 5 meses já sentava, comecei a por no penico sempre que comia e sempre que eu ia fazer xixi... com 1 ano já não usava fralda, alias nunca houve fraldas na Ucrânia, usa-se panos..."

-" Pois são tempos diferentes"

- "Nada, aqui é tudo preguiça, fralda é fácil para o bebé e para a mãe, tem de começar a levar M para o penico"

 

Claro que o meu marido ficou logo devíamos comprar um penico, e eu disse claro que sim mas vamos com calma, cada criança tem o seu tempo, e eu não vejo na sala de 1 ano aos 2 as educadoras a treinarem a retirada da fralda, ou fazemos nas férias ou então tem que ser agilizado com elas. Mas nada impede de ter o penico em casa e começar a explicar o que é e sentar a M lá... ela se tiver preparada tira as fraldas depressa, senão tiver pronta, não vai pedir e vai dar ao mesmo. 

Uma coisa é certa eu e o pai concordamos que a M vai usar no verão fraldas cueca, porque achamos embaraçante o xixi na calça, pelo menos inicialmente e quando sair a rua. Claro que depois passara a usar as cuecas. 

Mas isto tudo para dizer o que, primeiro ouvimos e perguntam-nos n vezes se o bebé mama, se temos leite se isto e se aquilo.... depois é se come bem, se faz birra, se é esquisito, se dorme bem e se faz birras e todos tem teorias. 

Depois todos adoram comparar crianças, a minha fala mais, não a minha faz mais isto, olha que o bebé de x tem a idade da tua e já sabe contar, enfim uma panóplia de disparates e comparações... coisas que uma mãe adora ouvir quando sai com o filho para qualquer lado... 

E agora entro na fase do ainda usa fraldas?!! 

Haja paciência...

Do Dia da Mãe

Como referi no post passado, fui as compras no Domingo de Manhã para comprar roupinha para a M (supostamente havia promoções na Zippy mas acabei por ir a Primark por não haver nada que eu gostasse na Zippy). 

Já na caixa da Primark, a funcionária deseja-me um Feliz dia da Mãe e eu fiquei meio atordoada porque primeiro foi a única que me desejou um Feliz dia apesar de eu ter ido a mais lojas, incluindo a Zippy e só perguntaram se eu precisava de algo e nem um Feliz dia disseram (estranho numa loja de roupa para crianças). Claro que podia estar a comprar roupa para uma sobrinha ou filha de uma amiga, mas a funcionária arriscou e eu agradeci e disse nota-se que sou mãe... ela respondeu deixe lá ainda hoje comprei para a minha, somos mães mas no nosso dia só pensamos neles. E eu fiquei mais muda e o meu marido é que solta um Feliz dia para si também. 

Devo de ter parecido muito mal educada, mas fiquei sem saber o que dizer a uma mãe que iria passar o dia ou parte do dia a trabalhar, que não pode ser acordada provavelmente com os filhos na cama a dar as prendas, e não pode ficar a gozar daquele momento especial, porque tinha de ir trabalhar cedo. 

Fiquei realmente a pensar que de facto isso devia de lhe estar a custar e muito, mais ainda do que trabalhar no dia do Trabalhador. 

E agora que escrevo isto só consigo pensar no dia do Pai que como é num dia fixo 19 de Março, faz com que os pais raramente possam desfrutar do seu dia em pleno, e não penso como muitas mães, que dizem mas nós é que os parimos e carregamos 9 meses. Não desculpem mas o amor é igual, a ligação e cumplicidade podem ser diferentes, mas acredito que o meu marido ame o mesmo que eu. E acredito que ele preferia ser acordado de manhã com a filha aos saltos na cama com a prenda e o pequeno almoço.... e depois um dia inteiro de mimos e brincadeiras dedicadas a ele. 

Sim eu sei, dia do Pai e da Mãe deveriam de ser todos os dias, mas estão a mentir senão dizem que estas pequenas celebrações nos fazem sentir nas sete nuvens. E não é pelo materialismo do dia, o melhor presente para mim é os que a minha pequena faz, é a memória que fica de a ver a saltar de alegria ao dar-me a prenda... de com 18 meses já entender que aquele projecto que ela tanto se empenhou durante a semana na creche era para a mãe... e sim ela entende e já percebe que é ela que faz as coisas, porque tem desenhos e projectos expostos na parede da creche e ela aponta sempre para os que fez. 

 

Ver se no próximo dia do pai eu me lembro disto e como sou eu que marco as férias da Família tiro o dia ou dois nesta época e dou uma grande prenda ao pai da M (sim fazer isto antes que ela tenha mesmo aulas a sério). 

Fim de semana XXL

Como eu gosto destes fins de semana prolongados, deu para fazer imensas máquinas de roupa, é o que dá quando a máquina avaria, só lavava o necessário, portanto quando a máquina nova chegou foi lavar roupa até mais não. Agora falta arrumar e passar, bahh.... Portanto dois dias foram tirados para esta tarefa de lava, estende, seca e tenta arrumar e passar... fiz para ai umas 6 máquinas de 8 kilos... Domingo dia da Mãe e a M começa logo depois da meia noite a fazer a festa, sim sempre a choramingar e as 4 da manhã já de pestana aberta... e voltou a dormir eram perto das 6 da manhã e acordou logo as 8... o pai veio e entregou a prenda que a M fez na creche e ela dava pulos de alegria na cama, acho que já começa a perceber que fez aquilo para dar a mãe.... 

Deu-me um bule desenhado e pintado por ela, com uma foto dela e uma caixa de ovos pintada com chá no interior. 

Depois fomos tomar o pequeno almoço, e o pai foi buscar a segunda prenda do dia da mãe e recebi um separador lindo da pandora :D. 

transferir (5).jpg

 Depois fui aproveitar que os meus pais estavam em casa e deixem a M com eles e fui ao shopping fazer umas compras super rápidas de peças de roupa de verão para a M e fui buscar as plantas para oferecer a minha mãe. 

O almoço seria na casa de férias da sogra da minha irmã, pena o dia chuvoso, mas os miúdos aproveitaram bastante, estão a ficar todos muito lindos e traquinas. E assim se almoçou um almoço de dia de mães com várias mães reunidas, claro que com crianças pequenas em casa o almoço nunca é descansado, é preciso estar sempre com mil olhos para separar brigas, birras e afins. 

Mas no fundo foi um dia muito bom e hoje sou privilegiada por ser mãe da M a um ano e meio :D.

Pág. 5/5