Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Por momentos vi a minha infância

Este fds, tocaram por engano a campainha, era a vizinha de baixo a perguntar a vizinha da frente se as meninas delas queriam brincar com a filhota. Eu fiquei triste porque não convidaram a M, sim vivo num prédio cheio de crianças e os vizinhos tem o hábito de os deixar brincar em qq casa. Desde tenra idade 2 a 3 anos. Eu pensei bolas ñ quero que a M sofra o que sofri que nunca era convidada para nada. Ontem vi a tal vizinha que mora sozinha com a filha e a M Foi brincar com ela na rua...eu depois de apanhar ar fresco e sol porque estou com défice de vitamina d por estar muito tempo em casa. Chamei a M para subir, estava frio na rua e a ficar escuro. A mãe da menina pergunta se a M podia la ir brincar a casa, e eu ia dizer não tenho o jantar para por no forno e lembrei que no ano passado a senhora tinha convidado a M duas vezes mas como era dias de semana e com correria de trabalho-creche-casa-jantar dizia não. Então disse que sim, entrei também e a senhora diz deixe as brincar e venha cá buscar...eu mãe galinha fui ficando a conversa porque nunca deixei a M sozinha assim. Já o fiz com a vizinha da frente mas a M já tinha estado lá muitas vezes. Em conversa descobri que a senhora é delegada de informação médica e eu tb já fui. Que veio o ano passado da Madeira pq a empresa pediu e porque cá tem mais meios hospitalares para trabalhar. Depois comentou que parece maluquinha e pede aos vizinhos para virem cá com os filhos porque sente a filha sozinha que vir da Madeira e deixar família e primos foi muito complicado e quando voltam ela quer lá ficar. E tudo foi muito complicado porque o pai da menina faleceu no ano passado, o mesmo ano que a menina mudou para cá. Ela tem quase 5 anos e bolas o que já passou deu-me um nó na garganta. E nós a viver a nossa vidinha e uma mãe ali o ano passado a fazer convites para ir a casa dela e eu a pensar no jantar....somos tão egoístas às vezes. Pronto esqueci o jantar e deixei a M brincar, afinal há sempre sopa em casa feita. Quando era quase oito quis vir embora e a senhora diz eu dou a sopa a menina posso, assim a minha tb come melhor...Então perguntei a M se queria ficar é combinei horas de ir buscar. A M nem quis saber de mim. Quando fui buscar, já estava no segundo prato e eu só me lembrei da minha infância e das vezes que comi na casa dos vizinhos. Eram tempos diferentes mas que ficam na memória,os nossos pais terem de adivinhar em que casa estávamos. Por isso fico feliz que a M brinque com os vizinhos, e que coma na casa deles e que por sua vez estes comam na minha. São memórias que ficam para sempre, amizades dessa época n tenho porque muitos se mudaram e fui crescendo e deixando de ir brincar. Mas aqui se tudo correr bem, existem meninos da mesma faixa etária para a M fazer amizades duradouras.

2 comentários

Comentar post