Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

O problemas de imagem e as redes sociais

Já há algum tempo que sigo alguns youtubers, os primeiros foram os Sacconejoly, na altura estava de licença de gravidez de risco e dedicava muito tempo a internet. Ao longo do tempo, notei que a fama paga um preço muito elevado. Para a além da falta de privacidade, o casal sofreu ameaças, perseguições de fans maldosos e muitos troolls a comentar.

O troll da internet, é aquela típica pessoa a quem a vida nunca lhe corre bem e tem de ficar a cuscar e a dizer mal da vida das outras pessoas, pura inveja. Típico das aldeias, viam-se antigamente muitas velhotas sentadas na beira da estrada ou no passeio a controlar a vida de quem lá passava. 

Contudo com o mundo da net, estes Trolls modificaram-se, munidos de um computador, de um sem número de redes sociais, de famosos You Tubers a exporem algumas partes das suas vidas, e eis esses queridos frustrados a descarregar comentários maldosos por todo o lado. 

Mas para mim quem é o maior alvo destes ataques é e sempre será as mulheres, e muitas vezes por parte de mulheres que é a coisa mais triste que o meu sexo pode fazer. 

Ai tu não amamentas-te então bora lá dizer barbaridades como não sabes o que é ser mãe, protegidos pelo ecrã. O que fizeste uma cesariana de livre vontade, bora lá enterrar-te viva.

Engordas-te como um camelo na gravidez, bora lá dizer que é bem feita, que é má mãe porque não pensou na vida do bebé. Se fazes exercício e cuidas-te então bora atacar. 

Perdes-te um bebé as 11 semanas, bora dizer que estas bue gorda nos vídeos e acabar com resto de auto-estima que a pessoa tem. 

Se antes a doença da minha geração era a famosa bulimia e anorexia, agora estas doenças tem uma escala ainda de maior proporção. Na minha adolescência eu preocupava-me em ir a algum lado que tivesse alguém conhecido e tivesse de me expor, tipo piscinas municipais, burra tinha cá um corpo.... mas por exemplo ia na boa a praia com a minha mãe sem sentir vergonha. 

Hoje em dia com facebook, instagram e tudo mais, a escola e demais vão connosco a todo o lado. Ok dizer que só se mete nas redes porque queremos é tudo muito giro, mas quem de facto não tem facebook e de vez em quando põem lá fotos, principalmente fotos de férias, festas e eventos... tudo para fazer inveja ao próximo e quando fazemos inveja o que acontece pois atraímos trolls.

Eu imagino as adolescentes de hoje, como deve de ser difícil lidar com a popularidade na escola e via redes sociais e pressões que sentem diariamente.

Agora triste é o mundo em que vivemos, quando pessoas adultas, supostamente com inteligência emocional, atacam uma pessoa que passou por um aborto retido as 11 semanas, sim ela expõem parte da sua vida mas isso nunca deveria de dar o direito a ninguém de lhe dizer que é gorda, que fez por merecer a perda do bebé, que não gosta dos filhos de forma igual. Enfim as barbaridades que já li... mas este vídeo realmente fez-me perceber que a humanidade esta perdida e sim parece um velho do Restelo. 

 

 

1 comentário

Comentar post