Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Ensinar a poupar

Como referi no post anterior, que a M foi comprar uma prenda para o mano. Ela tem um porquinho para por moedas desde de sempre. E desde cedo que a ensinamos a por moedas lá e de vez em quando pede moedas. Inicialmente dávamos sem moeda de troca. Agora a não ser que sejam familiares, se ela pedir moedas eu digo então tens de fazer isto. Era o que o meu pai fazia a mim e sempre aprendi que algumas tarefas tem recompensa outras são obrigatórias. Como tem 3 anos ainda não implementamos nenhum sistema, até porque vem ai um mano as coisas vão agitar, mas quando acalmarem vou introduzir umas tarefas diárias para ela fazer, como levantar o prato da mesa e arrumar os brinquedos antes de dormir. Se o fizer no fim de semana recebe uma moeda. 

Este é o primeiro passo para a poupança e para a responsabilidade, a quem não concorde porque acha que as tarefas de casa é da responsabilidade de cada membro da casa e não algo que se deva recompensar. 

Eu sou da opinião que sim é um bom método para ensinar responsabilidade financeira, e se formos a ver tudo numa criança é da sua responsabilidade, escola, tarefas e brincar.... por isso quando é que é ensinado a lidar com dinheiro... com a mesada, algo que lhe é dado todos os meses sem questionar...

Concordo com semanada no inicio mas que seja quase a justa para as despesas da escola, lanches e etc... mas para as outras coisas, para as canetas xpto, para os jogos caros e afins... tem de aprender que para os ter primeiro que custa dinheiro e depois que o dinheiro custa a ganhar. E que não cai do bolso do pai e da mãe. 

Então quando soube que estava grávida e numa das vezes que lhe estávamos a dar moedas e a contar as moedas perguntei se queria dar uma prenda ao mano e comprar uma para ela com aquele dinheiro. Disse que queria. E passou várias vezes a perguntar quando podia dar a prenda ao mano, quando ia comprar a prenda... que o mano não tinha roupas, nem ohoh, nem a mimi para dormir. 

Então quando vi que já tinha uma quantia boa pedi ao marido para ir com ela. Levou o dinheiro na carteira dela e foi escolher, escolheu um ohoh branco, para ele... e depois escolheu uma camisa da frozen para ela, mas viu uma mala da frozen e quis as duas coisas... O pai explicou que podia não ter dinheiro para tudo, mas ela quis... chegou a caixa, o pai pediu contas separadas e ela viu todas as moedas da carteira a irem para senhora.

A cara que ela fez, segundo o pai, era de choque e ele pensou que ela ia chorar. O dinheiro chegou excepto umas moedinhas então o pai não a obrigou a escolher. 

Já em casa tem um enorme cuidado com a mala que escolheu, uma das vezes este fim de semana deixou a dita no chão e o gato foi cheirar... ela foi logo tirar a mala do chão muito aflita a dizer que era dela. Garanto que com os outros brinquedos nem se importa muito com eles.

Por isso acho que resultou, claro que o dinheiro que foi gasto por ela foi posto por nós na sua conta poupança. Algo que ela nunca terá conhecimento a não ser que seja quando tiver a sua vida orientada. 

Claro que dependendo do que ela compra, vai também depender se pomos ou não na conta dela. 

 

Mas pronto achei por bem partilhar uma ideia de como ensinar crianças pequenas que não sabem ainda contar nem ter noção do dinheiro o valor do mesmo e como poupar para aquilo que querem. 

 

Por exemplo os meus pais apesar de terem dinheiro era raro nos darem jogos ou coisas caras sem que nós poupássemos o dinheiro. Hoje em dia vejo crianças de 6 anos com consolas de jogos caras e que receberam no Natal ou nos anos... ou irem a concertos cujos bilhetes podem ascender preços de 50€ sem ter de se esforçar minimamente para os ter... isso só os ensina que a vida é dada e o dinheiro é fácil... cabe a nós pais ensinar que não é assim e que o dinheiro custa a ganhar. 

 

1 comentário

Comentar post