Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Dilemas de uma mãe

Quando são pequeninos pensamos, é só uma fase, o choro, a cólica, não temos tempo para nós. E pensamos isto vai passar... quando o nosso filho souber andar tudo ficará mais fácil. 

Errado, quando ele aprende a andar, começamos nós a correr atrás deles, a energia não para. Conseguir que adormeçam é uma aventura, pudera conseguem explorar melhor o mundo... e pensamos bolas era tão bom quando um colinho os punha logo a dormir. Sim acordavam várias vezes por noite, mas também dormiam muito durante o dia. 

Quando estão nesta fase do andar pensamos, é uma fase, vai passar, depois vai querer brincar mais com bonecos e brincar com amigos e tudo fica mais fácil, errado, passam a fazer birra, gostam sim de brincar mas com os pais, quando estão com amigos é a segunda guerra mundial porque todos querem o mesmo brinquedo... e recordamos quando tinham uns 7 ou 8 meses e já se sentavam e passavam vários minutos a explorar o mundo e o mesmo brinquedo, sem dramas..... 

 

O que aprendi eu nestes 2 anos e meio da M, que todas as fases da vida deles são especiais, mas o trabalho vai aumentando, porque conforme aumenta a sua autonomia também aumentam as birras, e depois, olha até já podem comer e vestirem-se sozinhos que teremos outras preocupações com a escola e amizades e vamos os perdendo para o mundo. Os beijos começaram a escassear e as saídas com os amigos a aumentar. 

 

Por isso temos de aproveitar, o bom e o mau... e o segundo filho servirá para aproveitar muito melhor a fase de bebé, até porque já saberei que as fases que vêem depois podem ser muito giras mas serão mais cansativas.... contudo com cada filho uma surpresa e com o segundo terei dois filhos em vez de um por isso tudo será diferente. 

 

Agora para desanuviar o tema.... eu acho que vou adoptar um irmão mais velho para a M, sempre que está com a prima D de 8 anos, tiro férias para mim, querer que a prima faça tudo e anda sempre colada a prima.... e este fim de semana, conheceu o primo emprestado G de 15 anos (pensam vocês que um adolescente iria estar agarrado ao telemóvel) que se apaixonou pela M e tive uma folga enorme... ele cuidava da M e brincava com ela, só para ir ao w.c é que eu ia com ela ou pedia a prima D para ir com ela. Não ia pedir a um adolescente para levar a M a casa de banho....