Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Special Things by Me

Um blog sobre ser mãe, mulher e esposa. Um blog sobre os desafios da maternidade, sobre alimentação especial, um blog sobre tudo e sobre nada.

Cheira a férias....

Sabem aquela última semana de trabalho, antes das férias.... custa tanto mas tanto a passar e parece que nem nos conseguimos concentrar. Pois estou assim... por outro lado o tempo fora do trabalho passa a correr e temos mil coisas a tratar para deixar tudo OK para irmos. É roupa para tratar, é compras para a viagem, é ver a previsão do tempo e como vou para os Açores nem sei que roupa levar, porque o tempo é muito instável.... É ter a lida da casa toda em atraso....

Como vou com a M são mil coisas a tratar e a pensar para não me esquecer de nada. É ter de ainda ir a médica pedir a declaração médica para ela poder levar medicação na viagem....calhou ter de fazer a consulta dos dois anos e meio, mas ela é uma porreira que se fosse preciso era só ligar e tinha a declaração. 

Depois para a ajudar a festa, conseguimos vender o carro do B e agora temos de arranjar tempo ahaha para escolher o carro usado novo.... não sei se perceberam... vamos comprar um carro familiar usado, mas para nós será o novo carro. 

Notícias tristes

Só num espaço de dias 

 

  • Gorila é morto em zoo pela irresponsabilidade de uns pais de uma criança de 4 anos. Desculpem lá todos nós sabemos que os Zoos tem vedações e estão bem protegidos para os ditos animais não saírem de lá. Por isso foi preciso muita distracção destes pais para que o filho de 4 anos salta-se a vedação e cai-se depois para o foço dos Gorilas. Não é o primeiro caso, já aconteceu a diferença é que a Gorila protegeu a criança e colocou-a a porta dos tratadores (não foi abatida porque viu-se claramente a afastar os companheiros da criança). Aqui infelizmente quem apanhou a criança foi um Gorila macho e se bem que os bombeiros relatem que a criança estava a ser sacudida pelo dito, o Zoo apenas refere que a criança foi arrastada pelo Gorila e estava no meio das pernas do mesmo. Se o estava a proteger ou não nunca saberemos, porque a decisão difícil para o zoo foi abater o mesmo, visto que um dardo demoraria a fazer efeito e o Gorila podia entrar em pânico e magoar mesmo a criança. 

 

  • Noutro Zoo um maluco atira-se para o meio dos Leões nu, numa tentativa de suicídio, onde quem morreu foi o Leão e a Leoa. 

 

  • Em Matosinhos, uma jovem de 17 anos morre numa diversão de feira. Sempre tive medo e irei passar esse medo para a minha filha. Estas diversões em feiras ambulantes são tudo menos seguras. São colocadas e montadas n vezes. Em locais a pinha sem considerar o espaço envolvente. Neste caso aparente a cadeira não se soltou, apesar de em 2009  o mesmo carrossel e os mesmos donos estiveram envolvidos num acidente em que 8 cadeiras se soltaram. Desta vez foi o facto segundo testemunhas que um poste de iluminação estava próximo das cadeiras e um grupo iluminado de jovens divertia-se a tentar chegar ao mesmo. Quem manobra o carrossel deveria de ter parado logo o mesmo e chamado a polícia caso o grupo de jovens iluminados protesta-se. Já na minha cidade natal, um carrossel do "salta-montes" uma das cadeiras soltou-se com uma rapariga lá dentro, que felizmente só partiu ambas as pernas. Por isso não me venham com coisas, não é seguro. 

 

  • Um Homem mata a sua família, estava com uma depressão. E só isto nos assusta, porque apesar de estar medicado e com acompanhamento médico, este homem foi considerado apto a estar na sociedade. Muito provavelmente não estava. Mas em Portugal as doenças mentais não são levadas a sério e muitas pessoas que deviam de estar institucionalizadas ou com apoio diário de psicólogos não estão. E vão para casa medicados, e quem conhece pessoas com esquizofrenia, ou depressão paranóica ou doença bipolar, sabe que muitas vezes o doente não toma a medicação.  

Violência doméstica ou caça fortunas?! parte 2

Supostamente ela tem audio e ou vídeo de uma agressão e que o Johnny é dependente de drogas e álcool e que isto aconteceu quando ele esta drogado. 

Mas o mais estranho segundo a imprensa estrangeira é de que, a polícia foi a casa dela pedir para ela fazer um queixa crime contra ele e ela recusou, apenas está a usar estas provas para o divórcio litigioso, visto ela exigir pensão de alimentos que ele recusa. 

Mais uma vez rapariga se realmente aconteceu alguma coisa ela está a fazer pela via errada e a dar sinais de que é interesseira e não uma vítima. 

Não será pelo medo porque ele esta na Europa e ela nos EUA, portanto altura perfeita para apresentar uma queixa crime contra ele seria agora para se poder defender... enfim.... como digo não meto as mãos no fogo por ninguém, mas que a rapariga esta se a "queimar" perante a imprensa lá isso esta. 

E até eu que sou contra a violência doméstica, fico a pensar duas vezes, minha se foste vítima apresenta todas as provas, não fiques a "guardar" para o divórcio, apresenta uma queixa crime e entrega as provas que tens.... se o objectivo não é dinheiro mas sim dizer a verdade sobre o actor... então que o faça, agora se é "fachada" para ganhar dinheiro é assim que se procede sem dúvida. 

 

Violência doméstica ou caça fortunas?!

Amber Heard acusa Johnny Depp de violência doméstica em tribunal e disputa com ele a sua fortuna e exige uma pensão de alimentos pelos 15 meses de casamento. 

Ora bem, não estando aqui a dizer que o querido Johnny com a idade não se possa ter tornado violento e tal, se bem que as duas ex-mulheres dele referem que nunca foi violento, nem mesmo em discussões. Tentando até esquecer e é difícil, que a Angelina Jolie perdeu o amigo pela rapariga a tal Amber (que diz ser actriz mas nunca vi nenhum filme com ela), porque Jolie acusou Amber de ser uma interesseira e querer subir na vida e em Hollywood à conta do actor. 

Meus amigos, quando uma mulher amiga de longa data avisa o homem de que ele se esta a meter numa alhada, ouçam-na... o instinto de uma mulher raramente falha e quando nos cheira a esturro é porque a coisa vai acontecer. 

Não digo que ele não tenha sido violento e até possa ter sido. Agora o que é estranho é uma mulher que foi abusada fisicamente quer distância do dito agressor... quer quanto muito vê-lo atrás das grades... não vai a tribunal exigir metade da fortuna do dito agressor e com isso apresenta provas de violência doméstica. 

Falo por mim, se isso me acontece-se queria lá ficar com a casa onde o gajo foi abusivo comigo?! Ou ter tanto dinheiro a custa de violência física!? 

Uma coisa era se existe uma criança envolvida, um filho, iria exigir os direitos do meu filho.... mas para mim não queria nada. 

E por isso e só mesmo por isso é que acho a história um pouco estranha. 

transferir (4).jpg

 

Ena não estou a falhar como mãe

Vejamos devido ao evento da Trina, algumas bloggers estão a colocar dicas de actividades para fazer com os filhos e espantem-se lá já faço a maioria... 

 

  • Vejamos, estou com ela todos os dias no parque, sim vou buscar mais tarde a escola as 17:30.... mas assim fica a brincar até as 18:30 no parque da escola comigo. Mesmo no Inverno, só quando chovia, e no Inverno ia mais cedo e saíamos mais cedo. 
  • Danço imensas vezes com ela a maluca 
  • Quando faço comida ou arrumo alguma coisa deixo que ela participe também

 

Para não pensarem que sou a mãe perfeita, não sou... também não gosto de andar a brincar e cansa-me um pouco ela ainda não saber fazer puzzles, ou que ainda não ache piada a fazer jogos de tabuleiro. Mas quando ela vê televisão tento sempre ver com ela, e perguntar o que está a acontecer. E isso estimula a criatividade, a linguagem e a capacidade de resumo, coisas muito úteis para a disciplina de Português. 

 

Depois uma dica para os pais, arranjem sempre companhia, parem de ser snobs e metam conversa com os outros pais, os filhos juntam-se a brincar e o tempo passa mais depressa. 

Outra dica excelente é vão com os miudos ao Lego fun Factory quando o tempo esta farrusco. Ora bem até aos 5 anos um dos pais tem de estar presente, mas o outro pode ir fazer compras e irem alternado.  Podem combinar ir com amigos com filhos e assim é uma saída divertida. 

E melhor das loucuras depois dos 5 anos os filhos ficam lá uma hora sozinhos com os monitores. Gente 1 hora de liberdade para os pais... e o melhor é Gratuíto :D

 

 

Um passo para a frente

Outro para trás.... 

 

 

Quarta fomos a consulta de otorrino e o timpanograma voltou a bater na linha recta..... ficamos logo desmotivados e a pensar que da cirurgia não se livra. 

E de facto a médica disse logo que o tempo de espera estava a terminar que geralmente só se espera até aos 3 anos que a situação se reverta sozinha. Claro que se a M tivesse muitas otites, ou tivesse um atraso no desenvolvimento teria já sido operada. Coisa que de facto ela não tem. Para a idade dela fala o necessário e o esperado. Apesar de existir outras crianças que falem mais ou melhor que ela, existem também crianças que pouco ou nada dizem, e outras que só tem um vocabulário limitado a palavras simples como mamã, papá, dá, bola e por ai. 

A M diz frases completas, consegue contar uma história com frases simples. A única coisa que noto é que não diz correctamente todas as palavras, mas segundo a médica pode ou não ser dos ouvidos porque com a idade dela e até mais tarde ainda é habitual as crianças pronunciarem mal as palavras. Tudo haver com o freio da língua não estar ainda completamente desenvolvido. 

 

Como não tem nenhum atraso no desenvolvimento, ela evolui muito desde os 18 meses, até lá tinha o vocabulário básico. Vamos esperar mais este verão, com recomendação de praia, muita praia.

E eu vou tentar por sempre um saco de praia e nos dias de calor ir com ela a praia durante a semana... desde que tenha sopa em casa... o resto logo se vê (aka limpezas de casa).... isto porque com o belo calor que temos tido, não nos podemos ficar só pelo pois é capaz de no fim de semana estar bom tempo. 

Depois tal como o ano passado as vistas a família vão ficar condicionadas por isto.... temos de aproveitar o tempo bom e o fim de semana para ir a praia. E infelizmente os avós não tem praia próximo. 

Isto tudo porque queremos evitar a cirurgia. Apesar dos pais já terem sido ambos operados, eu não gostava nada de a submeter novamente a anestesia geral... já vi o que a casa gasta na biopsia.

 

Depois só uma nota aos pais de alta competição, eu aprendi que nada disto importa quando apanhei o susto da minha vida com a M, a hipótese dela ter uma doença grave fez-me ignorar as fases ditas típicas de desenvolvimento dos pais de alta competição. Se os médicos dizem que está bem é porque está.

Depois quando os nossos filhos tiverem 18 anos, quem é que vai querer saber quem é que foi o primeiro a andar ou a falar, ou que com 2 anos sabia contar até 20?! Só digo isto Einstein só falou aos 4 anos de idade, Thomas Edison foi expulso da escola por ser considerado burro... a pois é... perceberam a deixa. Deixem as crianças serem crianças.... e conheço pessoas que são empregadas domésticas mais honestas e de confiança que muitas pessoas de topo. 

Mensagem recebida

Recebi uma mensagem através das mensagens aqui do blog, mas a pessoa não se identificou e assim não tenho forma de lhe responder. Só posso blogar a pergunta e responder, mas se o fez de forma privada é porque quer manter-se assim. 

Por isso peço a quem enviou a mensagem para me mandar um e-mail para specialthingsbyme@gmail.com. 

Sobre os contractos de associações do privado

Pelo que tenho percebido e atenção posso ter interpretado mal... o financiamento não é para os ricos, mas sim para crianças que não podem pagar o mesmo que os filhos dos ricos... ou seja mais ou menos como funcionam as IPSS, é por rendimentos. 

E pelo que percebi estes contractos foram feitos porque o ensino público não chega para todas as crianças existentes no país. 

Não defendo nunca terem feito este tipo de contractos, sou sempre a favor de terem feito mais escolas e terem melhorado ensino. Mas não foi isso que aconteceu, agora cortam assim a parva o financiamento. 36 colégios que tem turmas de crianças financiadas pelo estado (mais uma vez como as IPSS) vão ter de retirar esses alunos do colégio caso os pais não consigam pagar a mensalidade.

E olhem que devem de ser de facto muitas crianças que serão forçadas a mudar de escola a parva e iram ocupar salas de aula que já estavam sobrelotadas e que vão ficar ainda mais lotadas. Ou isso ou vão ter aulas em contentores até se decidir expandir as escolas ou fazer novas escolas. 

Depois eu sou contra mega escolas, para mim devia de existir mais escolas e mais pequenas... senão existem sempre crianças que tem de fazer 30 minutos ou mais de deslocação e isto estou a falar de uma cidade grande. Quanto mais se for para o interior do país. 

Portanto sim reduzir custos é necessário mas sempre com pés e cabeça, não façam as cegas... tanta crítica porque cancelaram a contratação na função pública, mesmo em caso de substituição. O que fez por exemplo um caos na saúde, médicos saíam e não havia substituição, enfermeiros de baixa e não havia substituição e por aí fora. E já aqui dei o meu exemplo de estar fora do trabalho 9 meses e não foi autorizada a minha substituição por isso o trabalho ficou super atrasado. Enfim tanto criticaram que agora vão e fazem um corte cego na Educação. 

E chega de piadinhas de ai vais ver que os Paizinhos não tem dinheiro para pagar o colégio... e eu respondo e digo não muito provavelmente não tem.... eu para ter a M num colégio só podia ter um filho certo, ora imaginem que eu tinha conseguido uma vaga nestas turmas... e tinha um segundo filho e fazia a minha vida conforme os rendimentos e despesas que tinha, ou seja, o que todo o mundo faz e de um dia para o outro me dizem agora tem de pagar 500€ pela escola da sua filha M e pelo seu filho que esta na creche que são outros 400€.... estão a ver ali quase dois ordenados mínimos. 

Resposta de vocês então vai para a pública e eu recordo vós que estes contractos foram feitos porque não existe vagas para todas as crianças em Portugal. E recordo que o ensino é gratuito desde os 4 anos de idade até ao secundário, portanto é obrigação do Estado Português arranjar condições e vagas para todas as crianças em Portugal. 

 

Não digo que os pais devam escolher a escola dos filhos, do tipo eu escolhi um colégio porque o ensino é melhor. Defendo que a escola deva ser de qualidade mesmo a pública e segura acima de tudo, e depois que deva de ser a escola mais próxima da casa ou do trabalho dos pais. 

Pág. 1/4